quinta-feira, 24 de março de 2016

Sakurai diz o que pensa sobre a alta popularidade do game Super Smash Bros. Melee no cenário dos eSports

Após a realização do Super Smash Bros. Invitational, grandioso primeiro torneio de Super Smash Bros. for Wii U que sem dúvida foi uma maneira perspicaz que a Nintendo arranjou para promover o game na E3 2014, a série parece ter finalmente alcançado notoriedade no mundo dos eSports. Mas engana-se, ou apenas está mal-informada, a pessoa que acredita que este game em especial foi o responsável pela criação do hoje bem estruturado cenário competitivo de Super Smash Bros. Tudo começou na verdade com Super Smash Bros. Melee, do GameCube, que com sua incrível variedade de técnicas e uma mecânica de jogo mais voltada ao público hardcore, acabou naturalmente alimentando o desejo dos jogadores de criar grandes competições multiplayer para testar suas habilidades e assim revelar os melhores "Smashers" do mundo.

Foi graças à dedicação desta comunidade que, em 2013, um título Super Smash Bros. - exatemente a versão Melee do Gamecube - foi incluído pela primeira vez no EVO, maior torneio de games de luta do planeta, e teve uma audiência tão espetacular que lhe garantiu a participação nas edições posteriores do evento. O documentário METAGAME, que está sendo produzido por fãs após uma campanha de arrecadação de fundos bem-sucedida no site Kickstarter, pretende contar com detalhes o início de toda esta história e o caminho que levou à surpreendente consagração de Super Smash Bros. Melee como um dos games de luta mais importantes da atualidade na área dos eSports.


Mas o que pensa Masahiro Sakurai, criador da série Super Smash Bros., sobre esta imensa e certamente inesperada popularidade conquistada pela série, em especial por Super Smash Bros. Melee, nos eSports? Através de sua coluna na revista japonesa Famitsu onde responde a perguntas feitas por fãs, Sakurai teve a oportunidade de falar sobre o assunto, e o desenvolvedor demonstrou satisfação, mas não necessariamente aprovação, com o fato.

Sakurai notou que os jogadores realmente entenderam a proposta de Melee, o game da série que nitidamente possui um alto fator competitivo por deixar transparecer a imensa diferença de habilidade entre os jogadores hardcore e os inexperientes. No entanto, esta é uma situação que ele tem se esforçado em evitar no desenvolvimento dos últimos games da série, pois quer que Super Smash Bros. seja apreciado por jogadores de todos os níveis de habilidade.

Ele diz ainda que jogadores que se interessam pela natureza estratégica e competitiva dos combates de um-contra-um podem encontrar isso em games de luta tradicionais (como Street Fighter e Tekken, por exemplo). E você, leitor(a), o que achou da declaração de Masahiro Sakurai envolvendo a notável popularidade de Super Smash Bros. Melee e Super Smash Bros. for Wii U nas competições de eSports? Acredita que a inevitável próxima edição da série deve reforçar ainda mais o aspecto competitivo ou teme que uma iniciativa como essa possa com o tempo descaracterizar a marca de alguma forma? Comente!

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário