• RESSACA FRIENDS
    Saiba como foi o evento mais sugoi de 2018!
  • PERFIL: TOADETTE
    Saiba mais sobre a estrela dos Toads no Tattle!
  • BOWSETTE QUEM?
    Saiba as origens da inusitada personagem viral

Streamer concluí Donkey Kong 64 a 101% em uma única tacada, em prol à instituição de apoio para jovens transgêneros



O estúdio britânico Rare costumava ser um dos mestres no gênero collect-a-thon em vídeo games, começando com a trilogia Donkey Kong Country no SNES, partindo para Banjo-Kazooie e então Banjo-Tooie no Nintendo 64, recheados de coletáveis que, para aqueles que são fãs de terem um número estampado em seu save file para se gabar de seus feitos, era simplesmente um deleite. Mas claro, tudo que é em exagero, pode desagradar... e foi essa a fama que a aventura tridimensional primata (e única até hoje) Donkey Kong 64 recebeu após ir um pouquinho além da conta com seus itens colecionáveis.

DK64 ainda pode ser um jogo bem fácil de concluir se você não estiver mirando na conclusão de 100%, mas ainda assim é um processo demorado devido a necessidade de sempre estar trocando entre os membros da família Kong. E claro, jogo algum é feito para ser concluído numa só tacada, pois pausas em intervalos é essencial para ter uma jogatina saudável.

Mas diante da vontade de acertar os ponteiros com o jogo que nunca terminou na infância e acima de tudo, tornar essa maratona em uma corrida beneficente, o usuário do YouTube e Twitch, Hbomberguy se compromissou em terminar Donkey Kong 64 em 101% de conclusão (O 1% extra significando a Banana Coin de 5 de valor que foi escondida em Fungi Forest e encontrada 17 anos após o lançamento!), sem encerrar sua transmissão em nenhum momento até que ele possa ter o jogo completo em sua tela. Veja o vídeo do anúncio a seguir:

A linguagem no vídeo a seguir pode ser inapropriada para o ambiente de trabalho


Link Direto

No vídeo ele explica que enquanto transmitisse DK64, doações de expectadores iriam se revertidas completamente a instituição de caridade Mermaids na Europa, que dá suporte a jovens transgêneros e suas famílias. Segundo Hbomberguy, a escolha foi feita pela a falta da propagação do suporte onde vive e por causa de uma certa controversa envolvendo um humorista que está tendo uma doação alta destinada à instituição investigada por fraude. Qualquer que sejam as justificativas, o suporte de todos os expectadores de Hbomberguy ajudará na vida de muitas pessoas.

E neste momento, a stream já está encerrada e o jogo foi concluído por inteiro! Em sua página do Twitch marcam 347 mil dólares americanos para a caridade e é uma imensa vitória para todos os envolvidos e beneficiados. O streamer tem seu devido descanso agora, depois de ver tantas bananas e gorilas na sua frente, tem essa página de sua infância finalmente virada!

Se você estiver interessado em contribuir à causa, o link acima da instituição Mermaids irá te levar até o espaço de doações, mas a página de Hbomberguy no Twitch ainda está ativa com um chat ao vivo e links pertinentes para você acessar.

O que achou da loucura beneficente, caro leitor? Não deixe de comentar!

Masahiro Sakurai fala sobre o Pokémon Decidueye e a razão da ausência personagens de ARMS e Xenoblade Chronicles 2 em Super Smash Bros. Ultimate (Switch)



O quinto título de jogos de luta da Nintendo (sexto, se contarmos as versões de 3DS e Wii U como entidades separadas) ainda é assunto para muito e muito tempo. Super Smash Bros. Ultimate chacoalhou o planeta com seu elenco gigantesco e de impacto em toda a indústria de vídeo games, sua vastidão de conteúdo e ainda é notícia, pois estamos na antecipação de receber DLCs como Piranha Plant chegando até fevereiro de 2019, Joker de Persona 5 em algum ponto deste ano também e mais quatro lutadores ainda desconhecidos.

E como é de praxe, Masahiro Sakurai continua a publicar em sua coluna na revista Japonesa Famitsu e desta vez teve a chance de falar alguns pontos quentes de discussão sobre o último Smash Bros. no mercado. O fundador do site Source Gaming, PushDustIn, traduziu alguns trechos pertinentes da coluna, e os separamos aqui em tópicos:

  • O Pokémon arqueiro, tipo de fantasma e grama, Decidueye da sétima geração, foi quase escolhido no lugar do gato bombado Incineroar,

  • O design de Zelda em Super Smash Bros. Ultimate é uma combinação de seu visual em The Legend of Zelda: A Link to the Past e A Link Between Worlds,

  • Infelizmente, personagens jogáveis do jogo de luta ARMS e o RPG épico Xenoblade Chronicles 2 não foram possíveis, devido ao timing incompatível com o desenvolvimento e plano de projeto de Ultimate,

  • King K. Rool, Ridley, Simon e Richter foram decididos para o elenco através dos votos do Smash Bros. Fighter Ballot (que ocorreu para decidir um personagem via DLC para o jogo anterior da franquia),

  • O conceito por trás dos movimentos de King K. Rool, é que ele seja um personagem pesado com a habilidade de fazer coisas que outros de seu peso não seriam capazes (Bowser, King Dedede, etc),

  • A Piranha Plant foi escolhida para o elenco, porque Sakurai não queria que apenas heróis fossem jogáveis. Sakurai e seu time achou que se apenas heróis e protagonistas fossem jogáveis, isso seria um tanto sem graça. E exalta que todos conhecem a figura de Piranha Plant.

  • PushDustIn continua dizendo que outras partes da coluna são apenas informações já conhecidas e que esses são os pontos mais interessantes. De fato não podemos contrariar a observação!

    O que acha das revelações de Sakurai? Acredita que ARMS e Xenoblade Chronicles 2 tem chances de ganharem seu lugar no roster no próximo jogo? Ou ainda tem esperanças para DLC? Comente sua opinião logo abaixo.

    Super Mario Maker for Nintendo 3DS entra para o hall de Nintendo Selects na América do Norte



    Nada mais gratificante do que ter acesso aos seus games mais desejados por um preço amigável, não é? E foi para essa finalidade que a linha de Nintendo Selects foi criada, seguindo a carreira estabilizada dos antigos Player's Choice vistos em consoles e portáteis da Nintendo no passado. Jogos de populares de consoles de mesa que costumavam custar 60 dólares americanos e de 3DS por 40 dólares, são re-embalados em uma chique capa vermelha e dourada e vendidos a meros 20 dólares.

    Já estamos acostumados com os Nintendo Selects desde o Wii, que contém clássicos como Super Paper Mario, Super Mario Galaxy 2, Donkey Kong Country Returns e Mario Super Sluggers, mas veio continuar a crescer no Wii U com Super Mario 3D World, Donkey Kong Country: Tropical Freeze, NES Remix Pack e Nintendo Land. Agora, no departamento de jogos portáteis, temos títulos como Yoshi's New Island, Luigi's Mansion: Dark Moon e Mario Party: Island Tour... mas não chegamos ao fim de games associados à série Super Mario, pois, através de tweet oficial, a Nintendo of America anunciou que Super Mario Maker for Nintendo 3DS começará a ser vendido em formato Nintendo Selects também.



    Claro, não só apenas Mario, mas temos que exaltar que The Legend of Zelda: Majora's Mask 3D e Star Fox 64 3D são excelentes remakes de Nintendo 64, compactados em uma dupla de telinhas convenientes para você levar aonde quiser.

    Os Nintendo Selects supramencionados, incluindo os recém anunciados, são válidos apenas para América (enquanto na Europa e Japão, podemos encontrar uma lista muito diferente de jogos). Mas é bem capaz que em seu varejista de preferência, você pode se deparar com uma dessas capas de borda vermelha.

    Produtor da AlphaDream fala da razão de refazerem Mario & Luigi: Bowser's Inside Story, o futuro da série e mais



    Mario & Luigi: Bowser's Inside Story + Bowser Jr.'s Journey foi lançado para a família de portáteis Nintendo 3DS no dia 11 de janeiro aqui para nós da América. E além de ser uma releitura de um dos títulos favoritos da série de RPGs Mario & Luigi, também adiciona novo conteúdo contando o que o príncipe dos Koopas, Kamek e os Koopalings andaram fazendo enquanto Bowser estava sofrendo de um pequeno probleminha de estômago.

    Mas claro que, apesar do belo trabalho esperado dos produtores do estúdio AlphaDream, muitas questões foram levantadas, principalmente pelo o pulo súbito do primeiro para o terceiro título na franquia (O remake de Mario & Luigi: Superstar Saga saiu para o 3DS em 2017). E quanto o futuro da série? Podemos esperar o próximo título de batalha de turnos com irmãos mais carismáticos do mundo dos games no Nintendo Switch?

    Essas e outras perguntas foram respondidas em uma entrevista que Yoshihiko Maekawa (AlphaDream) e Akira Otani (Nintendo) deram ao site Game Informer; confira um pequeno trecho traduzido logo abaixo:

    Bowser's Inside Story é geralmente o favorito entre os jogos Mario & Luigi. Por que você acha que é isso?

    Yoshihiko Maekawa: Por que é o favorito dos jogadores, esta é uma razão muito simples, achamos que é porque é a primeira vez que você é capaz de controlar Bowser, que é obviamente conhecido como um rival, em adição de Mario & Luigi, e a jogabilidade é dinâmica e realizada muito bem, também.

    Por que esse remake não está no Switch?

    Maekawa: Tem haver com timing para lança-lo no 3DS ao invés do Switch.

    Akira Otani: Nós pensamos sobre o Switch, mas queríamos manter a jogabilidade usando a tela dupla do original. Esse é o principal motivo pelo qual decidimos ficar com o 3DS.

    Esse é o último jogo da AlphaDream no 3DS?

    Maekawa: Nós não sabemos isso ainda.

    O jogo tem ótimos visuais, mas você já considerou um remake mais drástico e usando modelos 3D por toda parte?

    Maekawa: O que nos propusemos a fazer foi atualizar o 2D, bem como apresentar uma maneira muito bonita de transmitir as sombras, as luzes e as obscuridades do jogo. Esse foi o nosso conceito para este jogo. Mas no que diz respeito ao futuro, não temos certeza absoluta de que tipo de coisas faremos.

    Por que pularam Partners in Time à medida que você refizeram os jogos Mario & Luigi?

    Otani: O ponto mais importante foi que Mario & Luigi: Bowser's Inside Story, foi o título mais bem recebido da série, então nós realmente queríamos fazer um remake disso. E também gostamos muito da idéia de retratar Bowser e Bowser Jr. como pai e filho no novo modo, que é semelhante ao modo que adicionamos ao remake do Superstar Saga. Além disso, o personagem Fawful foi recebido muito bem no ocidente, então queríamos trazê-lo de volta e queríamos mostrar a continuação da saga com ele que começamos com Bowser's Minions, no remake de Superstar Saga.

    Interessantes pontos sobre a razão de manter o remake no 3DS e a incógnita da ambição da AlphaDream para o futuro da série. Mas vamos torcer para que logo haja notícias para uma nova empreitada do estúdio. Você pode conferir a entrevista completa no link de referência no fim da publicação.

    O que você achou da entrevista, caro leitor? Já está desfrutando do remake de Bowser's Inside Story? Não deixe de comentar conosco.

    Back to the Bits: Glitches da vida real


    E nessa noite de sext... digo, noite de sábado que eu começo a escrever humildemente minha coluna semanal aqui no Reino. Olá a todos e bem vindos ao Back to the Bits mais tardio já publicado! Peço desculpas por este atraso todo e também agradeço a compreensão previamente, mas o lobo que vos escreve tem passado por uns maus bocados da cachola recentemente.

    Super Mario World tem sido muito divertido (e nostálgico), principalmente ao lado de ótima companhia do Spankaro, mas nos últimos dias eu meio que estive numa vibe um tanto ruim... sentindo que meus esforços não estavam surtindo grande efeito num espectro maior e minha auto-estima super caidinha, nem com chance de abanar a cauda com o cheiro de comida no ar. Somado a um pequeno desconforto domiciliar por uns dias na última semana, não estava em condições de manter o ritmo das coisas como deveriam... Eu simplesmente não consegui segurar a bucha.

    A gravação do episódio ainda ocorreu como desejávamos, eu engoli o sapo por uns instantes e consegui me distrair jogando algo que adoro, mas ao desligar a aparelhagem toda e ir deitar no instante seguinte, faziam os pensamentos voltarem a flutuar na cabeça. Mas estou ficando melhor pouco a pouco.. com certeza não quero repetir a dose de ter outra coluna atrasada aqui com vocês.

    Se todos os glitches da vida real fossem facilmente combatidos com uma limpeza nos contatos do cartucho do cérebro com cotonetes, uma borracha branca e álcool isopropílico, as coisas seriam bem mais fáceis, né? Mas o tempo é uma solução igualmente eficiente, só um pouquinho mais demorada!

    O vídeo desta semana teve seu upload feito na data correta, dia 18 sexta-feira (ainda que tarde), mas vocês conferem hoje aqui comigo:

    Episódio 54



    Link Direto

    Mais uma vez, peço desculpas pela a pisada de bola das últimas semanas, mas vou me esforçar para não voltar a ocorrer. Com as patas sempre cheias de afazeres semanais do canal, diários da casa e a mente ainda mais abarrotada de problemas, eu não posso dizer que sou muito diferente (e nem melhor) que qualquer outro por aí, não é? Sem falar que, eu não posso exaltar mais a sorte que eu tenho para ter alguém do meu lado que ilumina minha vida todos os dias! E com essa ideia que somos todos capazes de passar por cima dos obstáculos, eu estarei aqui semana que vem com mais Back to the Bits para vocês! Até a próxima!

    O que acontece quando Peachette resgata a princesa Peach em New Super Mario Bros. U Deluxe (Switch)?

    Você já parou para se perguntar sobre o que aconteceria quando Peachette, a nova transformação de Toadette garantida pelo uso de uma supercoroa, se encontrasse com sua sósia, a princesa Peach original? É uma questão que também atraiu a curiosidade do canal ProfasiaGaming no YouTube, que fez questão de usar o novo power-up de New Super Mario Bros. U Deluxe, lançado para Switch no dia 11 de janeiro, para concluir a fase A Batalha Final — também conhecida como Peach's Castle - 🏰. Assista a partir do minuto 5:40:
    Cuidado! O vídeo abaixo contém spoilers.

    Link direto

    Como você pode ter notado, infelizmente, não é nada muito empolgante, já que Toadette reverte à sua forma original sem mais, nem menos, antes de seu encontro com a agora livre princesa dos cogumelos. Logo, as sósias não chegam a se encontrar de forma oficial.

    Também, não há nem chances da Bowsette aparecer, então pode esquecer!

    Este é o Bowser na visão do artista de God of War

    Brasileiro e natural de São Paulo, Rafael Grassetti, diretor de arte da divisão californiana Santa Monica Studio, da Sony, e responsável pelas principais artes conceituais de God of War para PlayStation 4, decidiu desenhar versões peculiares dos personagens de Super Smash Bros. Ultimate (Switch, 2018). Em uma nova série de fan arts chamada de "Smash Bros. Remastered", Grassetti mostra como seriam personagens clássicos da Nintendo de acordo com a sua visão.

    Por enquanto, Link e Samus Aran já tiveram seus visuais reimaginados pelo desenhista, seguidos de Fox McCloud, Bowser, Mewtwo e Sonic. Dá só uma olhada em como seria o rei dos Koopas e outros superastros da Nintendo prontinhos para fazer oposição a anti-heróis mitológicos:




    Back to the Bits: Problemas técnicos e mentes explodindo


    Vocês não estão enganados não, hoje é sábado e não sexta-feira! As coisas se complicaram um pouquinho na última semana e tivemos que adiar nossa postagem no YouTube e, consequentemente, nossa coluna aqui no Reino. Mas o Back to the Bits está de volta hoje e continuamos com Super Mario World!

    Depois da revelação chocante que Spankaro sequer tenha tocado num Super Nintendo em sua época de filhote, eu dou uma contrabalanceada chocando ele com alguns detalhes deste clássico atemporal que ele nunca havia notado. Como por exemplo: os blocos de mensagem, que são pequenos speakers, que quando os irmãos Mario pulam nele, supostamente o áudio é reproduzido através da saída. Ou que os braços do Yoshi em seu sprite são erroneamente coloridos de laranja? Ou talvez das múltiplas aparências de Luigi através do vários relançamentos de Super Mario World (o original em 1990, Super Mario All-Stars + Super Mario World e Super Mario Advance 2).

    É bem capaz de outros detalhes testarem nossa percepção e ainda continuarem a surpreender o Spank, mas desta vez tivemos um pequeno probleminha técnico que causou o microfone dele desligar enquanto gravávamos. Mas já que usamos dois (um para cada um), se solucionou provisoriamente com ele sentado perto de mim.

    Confira o episódio desta semana:

    Episódio 53



    Link Direto

    Como devem imaginar hoje foi excepcional, mas a coluna deve ser esperada nas manhãs de sextas. E tão como é um caso particular, hoje não faremos transmissão ao vivo no Twitch, mas pode contar conosco em breve para mais algumas horas de algum jogo que estiverem coçando as nossas patas para concluir. Até a próxima!

    Blue Toad não foi deixado de fora e ainda é jogável em New Super Mario Bros. U Deluxe (Switch)



    O lançamento de New Super Mario Bros. U Deluxe para Nintendo Switch já aconteceu nesta última sexta-feira, dia 11 de janeiro no mundo todo! E entre o game base do Wii U, mais a inclusão de New Super Luigi U, há 163 fases para explorar e se divertir seja sozinho ou com amigos.

    Mas nem tudo foram boas notícias para os fãs do lançamento original, pois com a Toadette fazendo parte do grupo principal de personagens jogáveis, parecia que o pobrezinho do Blue Toad foi chutado para escanteio para dar a vaga para a senhorita cogumelo cor-de-rosa. E embora a diferença prática entre Yellow Toad e Blue Toad sejam apenas estéticas, há sempre aquele que tenha suas preferências de cores e personagens.

    Só que para a surpresa de muitos, quando o jogo foi lançado, jogadores em toda parte descobriram que Blue Toad é ainda jogável! Basta apenas ir até o Yellow Toad na tela de seleção de personagens e segurar o botão "L" ou "ZL" para que as cores troquem. Pronto! Você já pode jogar com o seu Toad favorito!

    No entanto, quando jogando com quatro jogadores, não é possível remover Toadette do grupo, portanto apenas um dos dois Toads poderá fazer parte da jornada caótica. Então escolha à vontade quando bem quiser!

    O que achou da decisão de manter o Blue Toad no jogo, caro leitor? Comente conosco.

    Yoshi's Crafted World (Switch) recebe novo trailer e data de lançamento



    Depois de um período de silêncio, os simpáticos Yoshis voltam a receber os holofotes, pois um novo trailer de Yoshi's Crafted World para Nintendo Switch foi publicado no canal oficial da Nintendo of America.

    Para dar início, temos um breve sumário da história em que os dinossaurinhos terão que recuperar as gemas do artefato chamado Sundream Stone, que é dito ser capaz de realizar qualquer desejo maluco. Graças a uma confusão com Kamek e Baby Bowser, as seis jóias da pedra foram espalhadas por várias ilhas próximas, e agora os Yoshis terão que coleta-las.

    Veja o trailer logo a seguir:


    Link Direto

    Com este vídeo também temos a confirmação que Yoshi's Crafted World irá aparecer nas prateleiras no dia 29 de março e estamos muito animados para mais uma aventura de rolagem lateral com as criaturas jurássicas mais fofas do mundo.

    Foi revelado também a box art final do jogo, que conta com um lindo trabalho artesanal como tudo em Crafted World:


    Você está animado pelo o jogo, caro leitor? Quais são as suas expectativas? Comente logo abaixo.

    CEO Furukawa fala sobre o risco de inovações na indústria e a necessidade de se adaptarem sempre



    O Nintendo Switch tem sido uma imensa reviravolta para a Nintendo no espaço de consoles de mesa no mercado, ultrapassando todos os números possíveis e imagináveis do seu antecessor (Wii U) em pouquíssimo tempo. A empresa sempre teve muita força na linha de aparelhos portáteis, mas a geração anterior de console de mesa foi uma queda significativa de vendas em seu portfólio.

    O atual presidente da Nintendo no Japão, Shuntaro Furukawa foi recentemente entrevistado pelo o site japonês Nikkei e respondeu algumas perguntas sobre o futuro da companhia e sua perspectiva sobre mudanças constantes nessa indústria volátil dos vídeo games. O site Nintendo Everything traduziu uma parcela da entrevista, e o CEO deu seu parecer como lida com seus desenvolvedores e como pensa que a Nintendo deve tomar rumo, caso vídeo games um dia não sejam o que é hoje.

    Vocês (Nintendo) já produziram muitos consoles e softwares, mas sempre há um grande risco com isso.

    Furukawa: Nós estamos na indústria do entretenimento; não há muito que possamos fazer sobre esse risco. Para nós, o princípio orientador pelo qual operamos é oferecer aos clientes em todo o mundo formas inovadoras e exclusivas de jogar.

    Não quero que nossos desenvolvedores pensem demais em algo como "o que devo fazer se falharmos?" Meu papel mais importante é facilitar um ambiente no qual eles possam demonstrar suas próprias habilidades. Eu não sou um desenvolvedor profissional, então deixo o desenvolvimento real para os líderes que podem dizer o que é um bom jogo e o que não é.

    [...]

    Você já se deparou com um “dilema da inovação” - onde os sucessos anteriores da empresa eram grandes demais, impossibilitando a inovação?

    Furukawa: Nós não estamos realmente fixados em nossos consoles. No momento, estamos oferecendo o único Nintendo Switch e seu softwares - e é nisso que estamos baseando a forma como oferecemos a "experiência da Nintendo". Dito isto, a tecnologia muda. Continuaremos a pensar de maneira flexível sobre como oferecer essa experiência com o passar do tempo.

    Já se passaram mais de 30 anos desde que começamos a desenvolver consoles. A história da Nintendo ainda vai mais longe e, através de todas as lutas que enfrentaram, a única coisa em que pensavam era o que fazer em seguida. A longo prazo, talvez nosso foco como empresa possa se afastar dos consoles domésticos - a flexibilidade é tão importante quanto a engenhosidade.

    É muito importante notar que, em momento algum, isso foi anuncio formal que a Nintendo pretende mudar seu foco para jogos tradicionais em consoles de mesa e portáteis. Isto é uma mera observação que todos os líderes de casas de hardware podem notar daqui uns anos, como o próprio Furukawa menciona, uma empresa precisar se adaptar para uma nova perspectiva de mercado, mas hoje os ventos estão a favor da Nintendo.

    Em outra parte da entrevista ele menciona as abordagens multimídia com atrações no parque temático da Universal Studios (Super Nintendo World) e filmes (já confirmado a animação longa-metragem pela Illumination Entertainment em 2022). Sem falar nos jogos para celular que abrangem um público ainda distante de seus consoles e ajuda na propagação da marca de seus produtos, atraindo mais gente para explorar o mundo da Nintendo.

    O que achou dos comentários do presidente, caro leitor? Não deixe de compartilhar sua opinião conosco.

    Dica: saiba como desbloquear todos os personagens em Super Smash Bros. Ultimate (Switch)

    Everyone is here! O bordão lançado no trailer da E3 2018 de Super Smash Bros. Ultimate, lançado mundialmente para o Nintendo Switch no dia 7 de dezembro, exemplifica com exatidão o fenômeno que o título veio a se tornar. Contando os três tipos de Mii Fighters separadamente e todos os Pokémon de Pokémon Trainer como um só personagem, o jogo de luta recordista da Nintendo tem um total de 74 combatentes, incluindo 7 Echo Fighters. Isto é, sem contar os 6 personagens prometidos para lançamento por DLC, dois dos quais já foram confirmados: planta Piranha e Joker, da série Persona.

    Com tantos heróis e vilões entre os quais escolher, desbloqueá-los todos não é lá uma tarefa tão simples; mas nada melhor que um detonado do Reino do Cogumelo para te guiar pelo caminho de Smash!
    Cuidado! O texto a seguir pode conter spoilers.

    Horas acumulativas de gameplay

    Nos Super Smash Bros. anteriores, existia o método de desbloqueio de personagens através da quantidade de batalhas contra computadores ou outros jogadores (o bom e velho modo "Smash"), e certas quantias levavam o vitorioso para o confronto com o personagem a ser desbloqueado. Só que diante do fato que termos mais de 70 lutadores em Super Smash Bros. Ultimate (contando apenas com o elenco original de 1999 de 8 heróis para escolher de início), desta vez o método básico é usando o seu tempo de jogatina.

    A cada 10 minutos de jogo ligado, usufruindo de modos como Smash (Vs. Matches contra jogadores ou computadores), Mob Smash e Spirit Board, um novo personagem aparecerá para você em uma ordem fixa, começando com o menino prodígio Ness com o requerimento inexistente de 0 minuto, até a deusa toda poderosa Palutena, que exige 10 horas e 20 minutos de jogo. Confira a ordem em que os personagens aparecerão:
    1. Ness
    2. Zelda
    3. Bowser
    4. Pit
    5. Inkling
    6. Villager
    7. Marth
    8. Young Link
    9. Wii Fit Trainer
    10. Ice Climbers
    11. Captain Falcon
    12. Peach
    13. Ryu
    14. Ike
    15. Jigglypuff
    16. King K. Rool
    17. Sonic
    18. Simon
    19. Zero Suit Samus
    20. Little Mac
    21. Isabelle
    22. Shulk
    23. Lucina
    24. Wario
    25. Ridley
    26. Pokémon Trainer
    27. Lucario
    28. Daisy
    29. Roy
    30. King Dedede
    31. R.O.B.
    32. Falco
    33. Luigi
    34. Pichu
    35. Richter
    36. Lucas
    37. Diddy Kong
    38. Meta Knight
    39. Snake
    40. Ganondorf
    41. Corrin
    42. Mega Man
    43. Bayonetta
    44. Toon Link
    45. Rosalina
    46. Incineroar
    47. Sheik
    48. Olimar
    49. Pac-Man
    50. Dark Samus
    51. Wolf
    52. Mr. Game & Watch
    53. Robin
    54. Dark Pit
    55. Cloud
    56. Duck Hunt
    57. Ken
    58. Greninja
    59. Chrom
    60. Mewtwo
    61. Bowser Jr.
    62. Dr. Mario
    63. Palutena
    A ordem de personagens será a mesma contanto que você não desbloqueie lutadores através de outros métodos do jogo (Classic Mode e World of Light). Se for o caso, o tempo requerido para o personagem já desbloqueado não dará espaço para o próximo, e sim apenas haverá uma espera maior até o próximo desafiante aparecer na tela.

    Classic Mode

    Como o nome sugere, é o bom e velho clássico modo conhecido desde o primeiro Super Smash Bros. no Nintendo 64 (então chamado de 1P Game). Tão como as horas acumulativas, você terá uma lista específica de personagens que irão aparecer, e contanto que conclua a run com determinados personagens, um rival desafiante surgirá. Segue quais personagens desbloqueiam quem:
    • Concluindo Classic Mode com Mario, você será desafiado por Sonic
    • Concluindo Classic Mode com Donkey Kong, você será desafiado por Bowser
    • Concluindo Classic Mode com Link, você será desafiado por King K. Rool
    • Concluindo Classic Mode com Samus, você será desafiado por Inkling
    • Concluindo Classic Mode com Dark Samus, você será desafiado por Cloud
    • Concluindo Classic Mode com Yoshi, você será desafiado por Lucario
    • Concluindo Classic Mode com Kirby, você será desafiado por Ness
    • Concluindo Classic Mode com Fox, você será desafiado por Captain Falcon
    • Concluindo Classic Mode com Pikachu, você será desafiado por Villager
    • Concluindo Classic Mode com Luigi, você será desafiado por Roy
    • Concluindo Classic Mode com Ness, você será desafiado por Jigglypuff
    • Concluindo Classic Mode com Captain Falcon, você será desafiado por Zero Suit Samus
    • Concluindo Classic Mode com Jigglypuff, você será desafiado por Pac-Man
    • Concluindo Classic Mode com Peach, você será desafiado por Falco
    • Concluindo Classic Mode com Daisy, você será desafiado por Bowser Jr.
    • Concluindo Classic Mode com Bowser, você será desafiado por Pokémon Trainer
    • Concluindo Classic Mode com Ice Climbers, você será desafiado por Simon
    • Concluindo Classic Mode com Sheik, você será desafiado por Greninja
    • Concluindo Classic Mode com Zelda, você será desafiado por Robin
    • Concluindo Classic Mode com Dr. Mario, você será desafiado por Olimar
    • Concluindo Classic Mode com Falco, você será desafiado por Daisy
    • Concluindo Classic Mode com Marth, você será desafiado por Ryu
    • Concluindo Classic Mode com Lucina, você será desafiado por Ridley
    • Concluindo Classic Mode com Young Link, você será desafiado por Richter
    • Concluindo Classic Mode com Ganondorf , você será desafiado por Lucina
    • Concluindo Classic Mode com Roy, você será desafiado por Dr. Mario
    • Concluindo Classic Mode com Chrom, você será desafiado por Ken
    • Concluindo Classic Mode com Mr. Game & Watch, você será desafiado por Pichu
    • Concluindo Classic Mode com Meta Knight, você será desafiado por Snake
    • Concluindo Classic Mode com Pit, você será desafiado por Incineroar
    • Concluindo Classic Mode com Zero Suit Samus, você será desafiado por Peach
    • Concluindo Classic Mode com Wario, você será desafiado por Dark Pit
    • Concluindo Classic Mode com Snake, você será desafiado por Young Link
    • Concluindo Classic Mode com Ike, você será desafiado por Luigi
    • Concluindo Classic Mode com Pokémon Trainer, você será desafiado por Rosalina
    • Concluindo Classic Mode com Diddy Kong, você será desafiado por Duck Hunt
    • Concluindo Classic Mode com Lucas, você será desafiado por Palutena
    • Concluindo Classic Mode com Sonic, você será desafiado por Bayonetta
    • Concluindo Classic Mode com King Dedede, você será desafiado por Sheik
    • Concluindo Classic Mode com Lucario, você será desafiado por Marth
    • Concluindo Classic Mode com R.O.B., você será desafiado por Mega Man
    • Concluindo Classic Mode com Wolf, você será desafiado por Mewtwo
    • Concluindo Classic Mode com Villager, você será desafiado por Shulk
    • Concluindo Classic Mode com Mega Man, você será desafiado por Isabelle
    • Concluindo Classic Mode com Wii Fit Trainer, você será desafiado por Pit
    • Concluindo Classic Mode com Rosalina, você será desafiado por King Dedede
    • Concluindo Classic Mode com Little Mac, você será desafiado por Ike
    • Concluindo Classic Mode com Greninja, você será desafiado por Diddy Kong
    • Concluindo Classic Mode com Pac-Man, você será desafiado por Zelda
    • Concluindo Classic Mode com Robin, você será desafiado por Corrin
    • Concluindo Classic Mode com Shulk, você será desafiado por R.O.B.
    • Concluindo Classic Mode com Bowser Jr., você será desafiado por Wolf
    • Concluindo Classic Mode com Ryu, você será desafiado por Ganondorf
    • Concluindo Classic Mode com Cloud, você será desafiado por Wario
    • Concluindo Classic Mode com Corrin, você será desafiado por Lucas
    • Concluindo Classic Mode com Bayonetta, você será desafiado por Little Mac
    • Concluindo Classic Mode com Inkling, você será desafiado por Wii Fit Trainer
    • Concluindo Classic Mode com Ridley, você será desafiado por Chrom
    • Concluindo Classic Mode com Simon, você será desafiado por Meta Knight
    • Concluindo Classic Mode com Richter, você será desafiado por Toon Link
    • Concluindo Classic Mode com King K. Rool, você será desafiado por Ice Climbers
    • Concluindo Classic Mode com Isabelle, você será desafiado por Mr. Game & Watch
    • Concluindo Classic Mode com Incineroar, você será desafiado por Dark Samus
    Pichu, Mewtwo, Dark Pit, Olimar, Toon Link, Palutena, Duck Hunt e Ken são os poucos que não têm desafiantes após a conclusão de seus Classic Modes. Os Mii Fighters (Brawler, Gunner e Swordfighter) não estão disponíveis como jogáveis neste modo.

    Mii Fighters

    Falando nos lutadores mais customizáveis do elenco, os Mii Fighters são facilmente desbloqueáveis através do sistema de criação dedicado que existe no menu “Games & More”. Uma vez que você criar um lutador de cada um dos tipos, eles estarão selecionáveis para você em todos os modos, exceto por Classic Mode e World of Light. Claro, é possível acumular horas com seu Mii personalizado e jogar Mob Smash, Squad Strike, Smashdown e o que tiver com vontade na hora. Mas nem mesmo os Miis foram capazes de escapar das garras do modo aventura de Super Smash Bros. Ultimate...

    Adventure Mode: World of Light

    O vilão Galeem consumiu toda a existência com sua luz poderosa e apenas Kirby sobreviveu ao massacre! Iniciando apenas com o pequeno herói cor-de-rosa, você deve prosseguir em um mapa gigantesco e suas sub-áreas a fim de livrar Spirits aprisionados de personagens de todas as séries envolvidas em Smash Bros. (e muito mais!) e reunir os lutadores do elenco para seu confronto final.

    Muitos dos lutadores já estão disponíveis logo no mapa inicial desta aventura (The Light Realm) e fáceis de se localizar com exploração básica (e você pode encontrar a localização de todos eles na imagem abaixo ilustrada com seus ícones). No entanto, como haverão certas sub-áreas que te levarão para um mapa completamente diferente com outras regras e algumas vezes até puzzles para serem resolvidos e com a legenda que proporcionamos, você pode seguir o passo-a-passo para encontrar esses lutadores restantes:

    The Light Realm

    1. Molten Fortress:
    Esta sub-área é muito simples de navegar e você se deparará com a princesa Peach, com o chefe do mapa sendo o Spirit do tenebroso Giga Bowser, que ao ser derrotado desbloqueará nada menos que o próprio Bowser para a aventura.

    2. Power Plant:
    Nesta sub-área apenas o bebê Pokémon Pichu pode ser encontrado através de exploração casual. Mas com a conclusão do sub-mapa (que envolve libertar todos os Spirits) o pugilista Little Mac aparecerá no mapa principal de The Light Realm na área de Lumiose City.

    3. Temple of Light:
    Os heróis que usualmente lutam contra as forças da escuridão se encontram aprisionados aqui: Pit e Simon Belmont estão em áreas bem mundanas e podem ser alcançados sem preocupação (será esta uma referência sutil a Captain N: The Game Master?)

    4. Base:
    O agente secreto mais experiente e destemido que existe pode ser encontrado aqui. Snake prefere trabalhar sozinho muitas das vezes, então é natural que ele seja o único lutador desta sub-área.

    5. DK Island:
    Com uma baita dose de nostalgia voltamos ao lar da família Kong como visto em Donkey Kong Country para o SNES! Completo e remasterizado em HD, você pode encontrar todos os personagens familiares no lugar esperado (como Spirits de Cranky, Funky e Candy Kong!). Mas a parte inesperada é que Diddy Kong se encontra no lar de Very Gnawty.

    6. Gourmet Race:
    Neste local icônico da série Kirby, você não tem nada mais a fazer do que coletar deliciosas guloseimas até a linha de chegada. Seguindo o caminho mais otimizado, você conseguirá chegar até o fim da pista de corrida com 11 itens, e assim King Dedede aparecerá no primeiro lugar do pódio para ser enfrentado.

    7. Forest Hill:
    Aqui é onde Rathalos de Monster Hunter está te esperando, mas ele não será páreo para você uma vez que desbloquear Toon Link na mesma sub-área. Tudo o que tem de fazer é ativar um dispositivo e derrotar o Spirit de Zelda (versão Breath of the Wild) primeiro.

    8. World Tour:
    Nada mais adequado que o mapa do nosso planeta azul para representar uma sub-área de Street Fighter, onde você viajará para vários países enfrentando Spirits de lutadores da série, com a parada final no Japão em Suzaku Castle contra Ryu. Derrote o dragão guerreiro e você o terá em sua equipe!
    Com todos os lutadores puder conseguir no The Light Realm e suas sub-áreas, você estará mais que apto a ter sua primeira batalha contra o ser da luz Galeem. Só que World of Light não acaba aí (longe disso!). Você será transportado para uma nova área chamada The Dark Realm, completamente distorcida e escura, onde o lado negro do universo é comandado por Dharkon! Neste novo mapa você encontrará mais três sub-áreas e apenas três lutadores na área principal (destacados na imagem abaixo):

    The Dark Realm


    1. Mysterious Dimension:
    É aqui onde as coisas ficam consideravelmente complicadas, pois não só temos um mapa tão grande para explorar quanto os dois principais, mas também temos uma quantidade grande de lutadores presos por aqui. Abaixo segue a lista de requerimentos para cada um deles:
    • Luigi: derrote o Spirit Link (The Legend of Zelda) para abrir caminho até ele.
    • Mewtwo: derrote o Spirit de Whispy Woods para abrir caminho até ele.
    • Meta Knight: livre acesso no mapa.
    • Ike: livre acesso no mapa.
    • R.O.B.: livre acesso no mapa.
    • Wolf: derrote o Spirit de Andross (Star Fox 64 3D) para ter acesso a ele.
    • Greninja: livre acesso no mapa.
    • Corrin: derrote o Spirit de Azura para abrir caminho até ele.
    • King K. Rool: derrote o Spirit de Risky Boots para abrir caminho até ele.
    2. Dracula’s Castle:
    Para o deleite dos fãs de Castlevania, esta sub-área é baseada no castelo do lorde da noite e é navegada como um jogo de rolagem lateral. Nela você coletará bolas de canhão para atirar em certos fantasmas que interromperão seu caminho. Use de alavancas para manusear barreiras que podem te ajudar ricocheteando os tiros para alcançar seus objetivos. Assim como as outras sub-áreas de The Dark Realm, temos um punhado de lutadores aqui:
    • Daisy: derrote o Spirit Dry Bowser para abrir caminho até ela.
    • Dark Pit: derrote o Spirit de Boo para abrir caminho até ele.
    • Wario: derrote o Spirit de Mummy para abrir caminho até ele.
    • Robin: derrote o Spirit de Werewolf para abrir caminho até ele.
    • Ken: derrote o Spirit de Akuma para abrir caminho até ele.
    • Ridley: derrote o Spirit de The Creature & Flea Man para abrir caminho até ele.
    • Richter: destrua todos os fantasmas que bloqueiam o caminho para Richter aparecer.
    3. Sacred Land:
    Como uma grande homenagem à série The Legend of Zelda, esta sub-área é representada na forma da Triforce e é cheia de puzzles reminiscentes das aventuras de Link. Com isso em mente, você deve prosseguir olhando para cada detalhe e dica que puder encontrar no seu caminho. Os seguintes lutadores podem ser desbloqueados nestes requerimentos:
    • Zelda: derrote o Spirit de Impa para abrir caminho até ela.
    • Young Link: derrote o Spirit de Saria (em Lost Woods) para abrir caminho até ele.
    • Ganondorf: ative a Master Sword no centro do mapa e derrote os Spirits de Elena e Vaati.
    • Chrom: livre acesso no mapa.
    • Sonic: livre acesso no mapa.
    • Mii Brawler: complete um puzzle com tochas azuis e vermelhas correspondendo ao horário 4:40.
    • Bowser Jr.: livre acesso no mapa.
    • Cloud: Zelda e Young Link devem ser desbloqueados antes para abrir caminho até ele.
    Você está com elenco quase pronto a essa altura, e irá para o primeiro confronto contra o centro de toda escuridão na existência: Dharkon! Mas... depois disso é a hora da batalha final entre luz e escuridão. Neste mapa se encontram os 4 lutadores finais, e apenas dois deles requerem exigências especiais para se tornarem desafiantes:

    The Final Battle

    Roy e Dark Samus podem ser avistados logo de cara, necessitando apenas abrir um pequeno caminho através de vários Spirits poderosos. Mas para conseguir a bruxa Bayonetta e Lady Palutena, você deve derrotar os primeiros Master Hand e Crazy Hand que aparecerão do lado da luz e da escuridão respectivamente. Feito isso os pontos das beldades estarão no mapa para serem enfrentadas.

    Você agora tem todos lutadores de Super Smash Bros. Ultimate à sua disposição para ir para o real Final Boss de World of Light!

    Vale lembrar que se você desbloquear um personagem no modo World of Light, ele ficará disponível automaticamente para todos os outros modos do jogo. Mas os personagens desbloqueados por outros meios não interferem em seu progresso no modo aventura.
    Fique de olho no marcador Smash para mais notícias, dicas e curiosidades sobre a série Super Smash Bros. — e claro, fique atento ao Reino do Cogumelo para mais dicas valiosas sobre os jogos mais populares da Nintendo!