Sakurai diz que o processo de produzir novos personagens para games da série Super Smash Bros. é impiedoso

domingo, 30 de novembro de 2014

Em uma entrevista realizada no final de junho do ano passado, o diretor de desenvolvimento dos novos Super Smash Bros., Masahiro Sakurai, já havia adiantado que não seria possível trazer de volta todos os personagens das edições anteriores da série. Na época, ele ressaltou que isso não era o caso de uma simples adição, mas na realidade multiplicação do volume de trabalho, o que poderia significar atrasos e problemas no desenvolvimento. Com o passar do tempo, no entanto, fomos acompanhando a revelação de diversos novos e surpreendentes personagens para o elenco de lutadores do game, que é de cinquenta lutadores no total; esse número representa um expressivo acréscimo de pelo menos onze lutadores em relação a Super Smash Bros. Brawl (Wii). Em matéria publicada na seção "Smash Bros. Diaries" da mais recente edição da revista Game Informer, Sakurai esclareceu este assunto, afirmando que gosta de se dedicar de corpo e alma em seus projetos, como se cada game fosse o último, embora o processo de criar personagens para a série Super Smash Bros. seja de fato impiedoso; leia a declaração completa do desenvolvedor a seguir.

Para todo Super Smash Bros., quando eu estou trabalhando neles, sempre penso comigo mesmo, "É esse - o último Smash Bros.!" É claro, depois do game original e de Super Smash Bros. Melee, tivemos as edições do Wii e do Nintendo 3DS, o que torna difícil negar a possibilidade de futuros lançamentos. O ponto onde quero chegar é que me dedico de corpo e alma a cada projeto com a ideia de que ele será o último. Como resultado, há muitos novos personagens e recursos adicionados. Chega ao ponto em que a quantidade é quase impossível de se trabalhar - esta linha de personagens polidos, com tantos detalhes a serem implementados.

Os personagens são refeitos em todo game uma vez que trocamos sempre de estúdios de desenvolvimento. E considerando que é trabalhoso dar aos personagens características amplamente dinâmicas enquanto se mantém uma coerência com o passado de cada um, isso leva a um custo de desenvolvimento maior por personagem. Eu acredito que, na maioria dos games, apenas ter alguns novos personagens é tudo que se espera.

Em uma palavra, é impiedoso. Neste momento, não faço ideia de como as coisas serão da próxima vez.

Qual a sua opinião sobre este assunto, leitor(a)? Com base na declaração de Sakurai, você acredita que aumentar ainda mais o número de lutadores nas prováveis próximas edições da série Super Smash Bros. é algo que ainda deve ser considerado prioridade para os desenvolvedores? Comente.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário