sábado, 22 de abril de 2017

Nintendo revela detalhes sobre a criação de Super Mario Kart; personagens, itens, Battle Mode, e mais

Estamos agora a apenas seis dias do lançamento oficial de Mario Kart 8 Deluxe para Nintendo Switch, game que já está sendo considerado a mais completa versão da série Mario Kart de todos os tempos. Dito isso, esta é sem dúvida uma boa ocasião para conhecermos melhor o título que deu origem a esta série de games de corrida tão amada e tão popular no mundo todo há vinte e cinco anos.

Pensando nisso, a equipe da revista britânica Retro Gamer publicou em sua mais nova edição uma sensacional entrevista com os criadores do adorado clássico Super Mario Kart (SNES) - o produtor Shigeru Miyamoto, e os co-diretores Hideki Konno e Tadashi Sugiyama. Abaixo você confere algumas das informações mais interessantes e curiosas reveladas durante esta fascinante entrevista. Se você realmente gosta de Mario Kart, esta é uma leitura absolutamente imperdível, leitor(a)!

  • As origens do game remetem a F-Zero, título de lançamento do Super Nintendo. O protótipo de uma versão multiplayer de corrida com as naves espaciais de F-Zero foi o ponto de partida. Mario acabou sendo adicionado ao game durante um período de desenvolvimento repleto de tentativas e erros. Sem obter sucesso em suas ideias, a equipe de criadores resolveu lançar mão de uma última tentativa: corridas de karts.

  • A inclusão de Mario se deu por ele ser um personagem facilmente reconhecível, mesmo de trás, e a Nintendo adotou o mesmo critério para a inclusão dos outros pilotos vindos da série Mario.

  • A inclusão de vilões como personagens jogáveis foi considerada natural pelos desenvolvedores, e a Nintendo define os pilotos do game como "amigáveis rivais". Para Miyamoto, o mundo de Mario funciona de forma similar a uma comédia onde em cada história os personagens assumem diferentes funções. Com isto em mente, não houve objeções de sua parte quanto à seleção de personagens jogáveis.

  • Devido a limitações de hardware, as pistas foram divididas em quatro temas - asfalto, terra, pedra e água -, com mudanças apenas nos valores de resistência de cada uma aos pneus dos veículos. Os cenários de fundo foram tirados do universo Mario. A dificuldade das pistas foi sendo definida conforme os desenvolvedores as jogavam, e obstáculos como barreiras foram adicionados para dar mais emoção às corridas.

  • As moedas espalhadas pelas pistas foram incluídas para trazer mais profundidade ao game, e também pelo divertido diferencial que ofereciam ao gênero. O salto dos karts era um recurso que não poderia faltar em um game Mario.

  • Os itens de trapaça foram pensados para trazer mais competitividade ao game, e para tornar as corridas mais acessíveis para jogadores menos habilidosos. O primeiro item criado foi o "óleo", que viria a se tornar a Banana. Os itens tinham de ser coerentes com o mundo Mario, além de ter características defensivas e ofensivas balanceadas, sempre priorizando o poder de processamento do game. Muitos testes foram feitos para chegar a um balanceamento ideal.

  • O Battle Mode não estava no planejamento original, mas enquanto testavam o recurso de atirar itens uns nos outros, os desenvolvedores se divertiram mais do que o esperado, e decidiram incluir um modo focado nisso. Além disso, Miyamoto queria que dois jogadores pudessem batalhar entre si como no arcade Mario Bros.

  • O coração do game é o recurso de tela dividida para partidas multiplayer entre dois jogadores. A ideia de usar este recurso também no modo single-player para mostrar o mapa do circuito e uma visão retrovisora na metade inferior da tela é extensão deste sistema, alcançada com uso de ângulos de câmera e ajustes de escala.

  • As limitações de hardware impediram a Nintendo de permitir aos pilotos controlados pela CPU usarem todos os tipos de itens, então foi definido apenas um tipo de item para cada um, embora a Nintendo desejasse adicionar mais personalidade a eles. Nos títulos posteriores da série, esse problema foi resolvido.

  • Para a Nintendo, o segredo do sucesso de Super Mario Kart reside talvez no fato de que muitos o jogam como um tipo de "ferramenta de comunicação competitiva", uma forma de se conectar com outros jogadores através do modo multiplayer. A longevidade da experiência, que inclui até mesmo desafios de tempo para serem jogados repetidamente, também ajuda.

  • Para a Nintendo, Mario Kart não é Mario Kart sem o uso de itens para equilibrar os níveis dos jogadores, permitindo que todos possam jogar juntos independente de sua experiência no gênero. O objetivo é que todos se divirtam com o game, aproveitem a emoção de dirigir, que todos tenham chance de ganhar, mas jogar bastante também vai te manter no topo. A versão para Nintendo DS tornou possível a jogatina multiplayer sem fios e também via internet. Segundo Sugiyama, este é o legado mais importante dos conceitos do Mario Kart original.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário