Sakurai revela detalhes sobre os lutadores Cloud, Corrin e Bayonetta em Super Smash Bros. (3DS/Wii U)

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

A última apresentação Super Smash Bros. Direct foi recheada de momentos marcantes, mas sem dúvida os mais importantes anúncios estavam ligados ao lançamento de Cloud, Corrin e Bayonetta, os três últimos lutadores baixáveis (via DLC pago) de Super Smash Bros. for Nintendo 3DS & Wii U. Enquanto o guerreiro Cloud Strife (juntamente com o estágio Midgar) ficou disponível aos jogadores no dia 15 de dezembro, Corrin e Bayonetta chegam somente em fevereiro de 2016. Falando sobre a inclusão destes três personagens nos novos Super Smash Bros. em sua coluna na revista japonesa Famitsu, o diretor Masahiro Sakurai explicou melhor a inclusão de cada um deles, e também deu mais detalhes sobre a jogabilidade de Cloud e Bayonetta.


Cloud: Sakurai salienta que a escolha de Cloud se deu por ele ser, de longe, o personagem mais popular da série Final Fantasy. O fato dele segurar a enorme espada Buster Sword com apenas uma mão faz com que ele seja um personagem que possui atributos elevados de poder, velocidade, e alcance, o que poderia quebrar o balanceamento de Super Smash Bros. for Nintendo 3DS & Wii U. Sakurai e sua equipe resolveram o problema focando os ataques de Cloud em movimentos giratórios com a espada, o que torna ele um pouco mais vulnerável a contra-ataques.

A adição do movimento Limit Break é uma referência direta ao movimento de mesmo nome em Final Fantasy VII. Quando a barra Limit está totalmente cheia, Cloud pode executar um ataque de espada muito mais forte que o normal, mas apenas uma vez durante cada batalha, tornando esta uma tática singular cujos efeitos devem ser considerados cautelosamente pelo usuário e pelo oponente.


Corrin: Segundo Sakurai, a inclusão de Corrin aconteceu porque os desenvolvedores de Super Smash Bros. for Nintendo 3DS & Wii U queriam adicionar alguém que estivesse ligado(a) a um game recém-lançado ou de lançamento iminente; o título escolhido pela equipe foi Fire Emblem Fates (3DS), lançado no Japão em junho e com lançamento confirmado para fevereiro de 2016 no Ocidente. Embora Sakurai tenha ficado um pouco apreensivo com a grande quantidade de lutadores da série Fire Emblem em Super Smash Bros., ele foi convencido pela equipe de que Corrin seria uma adição interessante.


Bayonetta: Bayonetta foi escolhida a partir de votação popular feita através do site Smash Bros. Fighter Ballot. Sakurai ressalta que, dos quase dois milhões de votos recebidos por jogadores do mundo todo, Bayonetta ficou no topo do ranking dos personagens concebíveis e negociáveis, uma vez que a Nintendo foi a publicadora de seu mais recente game, o aclamado Bayonetta 2 (Wii U).

No entanto, os desenvolvedores tiveram problemas em relação à jogabilidade de Bayonetta, então decidiram que seus movimentos seriam baseados em combos. A inclusão da provocante bruxa Bayonetta fez também com que os desenvolvedores tivessem de se preocupar com a censura etária no Japão, onde mesmo a mínima exposição sexual de uma personagem pode impedir um game de receber a classificação "A" (para todas as idades).

Depois de ler estas declarações de Sakurai, qual sua opinião sobre o assunto, leitor(a)? Considera que realmente foram justas as escolhas de Cloud, Corrin e Bayonetta como últimos lutadores baixáveis de Super Smash Bros. for Nintendo 3DS & Wii U? Comente!

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário