Em coluna da Famitsu, Sakurai fala sobre vazamentos e a reação positiva de Super Smash Bros. Ultimate

sexta-feira, 20 de julho de 2018


Masahiro Sakurai tem uma coluna regular na revista japonesa Famitsu, que ele não só fala apenas de Super Smash Bros. quando é pertinente (e impossível não tocar no assunto em meio a promoção do jogo recém anunciado), mas como de seus pensamentos sobre vídeo games num geral, design e opiniões sobre certos jogos que andou jogando.

Convenientemente, a última coluna publicada na revista veio após a explosão que foi a revelação de "Everyone is Here!" ("todo mundo está aqui!") na E3 2018, com o trailer monumental de Super Smash Bros. Ultimate (Nintendo Switch). Sakurai então fala de como está contente que a reação do público tenha sido tão positiva, pois foi um imenso esforço para colocar esse feito em prática.

Em adição, o diretor de Smash e criador de Kirby também diz que foi muito cauteloso com a equipe e com quem compartilhava detalhes do desenvolvimento, pois vazamentos (que já aconteceram de forma drástica no passado) são muito perigosos para que esse tipo de surpresa tenha o impacto que eles penejam.

Nas palavras de Sakurai:
Eu realmente não queria que essa coisa em que estivemos trabalhando por anos tivesse sido arruinada pelo senso mesquinho de auto-satisfação de alguém.

E foi um baita de um trabalho bem recompensado. Sakurai explora brevemente que não pensa muito no que fará para o próximo título da série (isso se for ele o responsável pela a direção), e que é importante que ele se foque no presente.

Você pode conferir a coluna toda traduzida para o inglês no site Source Gaming.

Foram muitos rumores e burburinhos que aconteceram antes da Nintendo ter sua conferência na E3, mas apesar de vazamentos legítimos terem acontecido, não houve grande tração para arruinar uma grande surpresa como essa.

O que você acha da opinião de Sakurai, caro leitor? Acha que vazamentos estragam a forma como jogos são anunciados? Não deixe de compartilhar com a gente.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)
  • Disqus ()

0 comentários:

Postar um comentário