Super Smash Bros. Ultimate é o nome completo do novo jogo para Switch e todos os lutadores da série retornarão

quarta-feira, 13 de junho de 2018


A recompensa pela a espera foi grande. Ocupando bom espaço da Nintendo Direct de E3 2018 como pretendiam, Super Smash Bros. teve sua porção dedicada apresentada pelo o próprio diretor e criador da franquia, Masahiro Sakurai. Certamente a curiosidade estava em chamas e muito precisava ser dito desde a revelação do título em Março deste ano.

Para inicio de nossa chuva de novos detalhes, Sakurai fez uma breve explicação do que podemos esperar em termos de elenco de veteranos no novo jogo, e o resumo disso é: Todos estão de volta! Isso mesmo! Desde os veteranos ausentes nos últimos jogos como Pichu, Young Link, Snake, Pokémon Trainer e Ice Climbers, como todo o elenco de Super Smash Bros. for Nintendo 3DS e Wii U, com seus DLCs, Mii Fighters e personagens convidados. Todos, sem exceção! Essa foi a primeira da gigantesca bomba que caiu em nosso colo com o nome final adequadamente de Super Smash Bros. Ultimate.


Logo em seguida, lutadores que tiveram alterações mínimas e gritantes de suas últimas aparições foram explicados, ganhando adições de novos movimentos, animações (como Cappy de Super Mario Odyssey fazendo parte dos ataques clássicos de Mario) e aprimoramentos visuais ou de alcance de golpes.

Então o conceito de Echo Fighters foi introduzido, em que personagens anteriormente que ocupavam seu próprio espaço na tela de seleção como Dark Pit e Lucina, dividirão o ícone com suas contra-partes (Pit e Marth neste caso, respectivamente). E nada mais do que a princesa de Sarasaland, Daisy, foi anunciada como a Echo Fighter de Peach!

Novas mecânicas como direcionar seu Air Dodge em meio uma batalha e a punição por múltiplas esquivas no chão transformam o game em uma arena completamente diferente. Perfect Shields também foram alterados, que antes eram executados ao pressionar o botão de defesa no momento em que o golpe do oponente entrasse em contato com seu lutador, agora é necessário bloquear com antecedência e ao atrito do ataque, soltar o botão para correr o risco de deixar sua guarda aberta ou manter seu escudo perfeito por mais tempo. A velocidade do jogo também foi aumentada em relação ao game de 2014.

Claro, nenhum Smash novo se passa em branco sem trazer novos combatentes, e os Inklings de Splatoon tiveram seu tempo de holofotes, exemplificando o quão a tinta de seus golpes fazem completa e total diferença no campo de batalha e nos seus oponentes.

E por fim, mas não menos importante, um novo desafiante entra no roster: Ridley da série Metroid! O gigantesco, feroz e vil dragão especial, líder dos piratas que causaram horror por toda galáxia e rival supremo de Samus Aran chega na franquia como personagem jogável depois de tanto ser requisitado. Com um trailer que deixou muita gente boquiaberta (o que aconteceu com o pobre Mega Man e o herói de Mushroom Kingdom?!)


Super Smash Bros. Ultimate teve a data então definida para 7 de Dezembro de 2018. Sakurai fez considerações finais dizendo esse é o maior Smash Bros. de todos e que é uma circunstância muito especial, esperando assim que jogadores e fãs não tenham expectativas muito altas quanto a inclusão de novos personagens. Mas ainda temos muito a ver ao que diz respeito de modos de jogo, stages e outros detalhes que continuarão a ser revelados durante as transmissões ao vivo da Nintendo Treehouse na E3 e até o lançamento oficial.

O que achou de tudo, caro leitor? Está empolgado para finalmente poder por em prática os seus dream matches? Conte a nós aqui nos comentários!

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)
  • Disqus ()

0 comentários:

Postar um comentário