quinta-feira, 22 de junho de 2017

Nintendo volta a falar sobre estoque insuficiente do Switch, e promete aumento de produção nos próximos meses

Quem tem acompanhado com regularidade os rankings semanais de vendas do mercado de games nipônico certamente percebeu que a demanda diminuiu bastante em comparação ao desempenho do console em suas primeiras semanas. O principal motivo dessa queda é o quantidade insuficiente de unidades que tem sido enviadas pela Nintendo às lojas, problema que também tem afetado a companhia na região da América do Norte.

Ciente da insatisfação dos consumidores com esta situação nada agradável, a Nintendo do Japão se manifestou a respeito em seu site oficial reconhecendo o fraco suprimento de consoles Nintendo Switch às lojas e se desculpando por qualquer inconveniente que isso possa ter causado para consumidores e distribuidores.

A companhia ressalta que tem mandado mais unidades do Switch às lojas toda semana, e promete aumentar a produção nos meses de julho e agosto e também durante o outono japonês (primavera no Brasil), incluindo do bundle com Splatoon 2 que será lançado no dia 21 de julho e traz na embalagem um par de controles Joy-Con nas cores verde e rosa.

Charlie Scibetta, Diretor de Comunicações Corporativas da Nintendo of America, afirmou que o baixo estoque do Nintendo Switch nas lojas norte-americanas não é intencional, lamentando as previsões "pouco otimistas" da companhia sobre o desempenho inicial do console, e indicando que a situação deve estar resolvida a tempo do lançamento de Super Mario Odyssey no dia 27 de outubro. Leia a declaração completa de Scibetta sobre o assunto logo abaixo.

Charlie Scibetta, Diretor de Comunicações Corporativas da Nintendo of America: Definitivamente não é intencional em termos de encolher o mercado. Estamos fazendo isso o mais rápido que podemos. Queremos ter o maior número de unidades possível para podermos dar suporte a todos os softwares que estão chegando agora... nosso trabalho realmente é conseguir isso o mais rápido possível, especialmente para estas férias porque queremos ter unidades nas prateleiras para dar suporte a Super Mario Odyssey.

Antecipamos que haveria demanda para isso, mas a demanda tem sido ainda maior do que imaginávamos. Tivemos uma boa quantidade para o lançamento, vendemos 2.7 milhões mundialmente no primeiro mês, dissemos que teríamos dez milhões ou mais até o final do ano fiscal. Infelizmente, estamos em uma situação atualmente onde logo que há disponibilidade nas lojas de varejo ela se acaba. É um bom problema para se ter, mas estamos trabalhando muito duro para atender a demanda.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário