terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Em antiga entrevista, Sakurai admite que Nintendo encorajou controles por movimento em Super Smash Bros. Brawl

Considerada uma das franquias mais hardcore da Nintendo dos últimos tempos, a série Super Smash Bros. tem utilizado um esquema de controles relativamente tradicional desde que o primeiro game foi lançado para Nintendo 64 em 1999. No entanto, uma entrevista de 2006 concedida por Masahiro Sakurai - desenvolvedor que está sempre à frente da equipe de criação dos games Super Smash Bros. - à Nintendo of America, que foi descoberta recentemente pelo pessoal do site Source Gaming, trouxe à tona uma revelação curiosa sobre a jogabilidade de Super Smash Bros. Brawl (Wii).

Sakurai revela na entrevista que, à época em que estava produzindo Brawl, a Nintendo aparentemente estava determinada a inserir controles por movimento, o principal atrativo do console Wii, em todos os jogos possíveis. De fato, houve um encorajamento da companhia e também de Shigeru Miyamoto para que ele implementasse algum tipo de controle que fizesse uso dos sensores de movimento do Wii Remote em seu projeto, mas o desenvolvedor diz em sua declaração que decidiu seguir em um caminho diferente e deixou no ar que o controle de GameCube seria uma opção de controle para seu game.

Sakurai: Estamos trabalhando com algumas ideias diferentes, e descobrimos que tentar implementar muito do sensor de movimento pode atrapalhar o game. Estamos tentando manter os controles simples, como eles foram nos games passados. É claro, vocês todos sabem que o hardware do Wii possui ports para o controle de GameCube também. Então, apenas direi que você não vai querer jogar fora seus controles de GameCube ainda!

O Sr. Miyamoto e a Nintendo encorajaram desenvolvedores a realmente tirar vantagem do controle do Wii e encontrar maneiras inovadoras de implementá-lo em seus games. Então neste sentido eu estou indo em uma direção diferente, tentando oferecer algo que traga mais as características tradicionais de controle que vocês esperam.

Vale lembrar que Super Smash Bros. Brawl apenas utiliza os recursos inovadores do Wii Remote em uma de suas opções de controle, oferecendo a jogadores a possibilidade de desferir ataques Smash chacoalhando o controle na direção desejada. E você, leitor(a), acredita que Sakurai deveria ter sido mais persistente em encontrar outras ideias de usar os sensores de movimento em Super Smash Bros. Brawl, ou acredita que suas decisões em relação à jogabilidade deste game foram realmente as mais acertadas? Comente!

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário