terça-feira, 22 de março de 2016

Jornal japonês diz que Wii U será descontinuado este ano

A Nintendo pode estar prestes a quebrar o ciclo mínimo de cinco anos de vida útil de seus consoles domésticos. Segundo uma reportagem publicada pelo respeitado jornal japonês Nikkei, a gigante de Quioto deve descontinuar a produção do Wii U ainda este ano, e atualmente está tentando se desfazer do estoque excedente do sistema nas lojas. Além disso, aparentemente a companhia já cessou a fabricação de alguns acessórios do console, embora não tenham sido mencionados que acessórios são esses especificamente.

Lançado em novembro de 2012 na América do Norte e Europa, e em dezembro do mesmo ano no Japão, o Wii U traz como principal diferencial o controle Wii U GamePad, com uma tela de toque própria que permite jogar sem precisar da tela da TV, ou mesmo usando as duas telas simultaneamente em games que façam uso do recurso (como New Super Mario Bros. U, Nintendo Land, Super Mario 3D World, o vindouro Star Fox Zero, entre outros).

No entanto, fatores como a desinformação do público (muitos confundiram o Wii U como um acessório do Wii), e reclamações de algumas desenvolvedoras sobre sua arquitetura problemática de hardware (e consequentemente pouco apoio das 3rd-parties), acabaram gerando (apesar dos aclamados lançamentos de games Nintendo) um forte negativismo em relação ao console, resultando em vendas muito aquém do esperado.

Vale lembrar que a Nintendo já afirmou que vai apresentar ao público este ano seu novo sistema dedicado a games, de codinome "NX", e rumores apontam que informações oficiais importantes sobre este suposto sucessor do Wii U podem surgir até mesmo antes da E3 2016. Mesmo que eventualmente este iminente encerramento na produção do Wii U seja confirmado pela Nintendo, talvez isso aconteça apenas no Japão inicialmente, atingindo outras regiões em datas posteriores.

E você, leitor(a), o que pensa sobre o assunto? Acredita que descontinuar o Wii U neste momento seria realmente uma iniciativa correta, e até mesmo inevitável por parte da Nintendo, ou acha que isso seria agir de maneira precipitada? Comente!

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário