Miyamoto revela mitos dos games Mario; assista ao vídeo

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Prometido e cumprido. Em um vídeo divulgado hoje pela Nintendo britânica, o ilustre designer Shigeru Miyamoto esclarece alguns dos maiores mitos relacionados aos games de seu maior personagem, Mario. Na apresentação, as perguntas são feitas em sequência a Miyamoto, que responde apenas com acenos de cabeça ou gestos com as mãos. No final do vídeo, porém, temos um importante pronunciamento do desenvolvedor envolvendo o game Super Mario Maker (Wii U), que já está disponível no Japão. Confira esta histórica sessão de perguntas e respostas com Miyamoto logo abaixo; algumas das revelações feitas por ele provavelmente vão te deixar de queixo caído!

Link Direto

Pergunta: Mario recebeu este nome por causa do antigo proprietário do depósito utilizado pela Nintendo of America?
Resposta de Miyamoto: Sim

Pergunta: A capa original do game Super Mario Bros. mostra Mario prestes a perder uma vida?
Resposta de Miyamoto: Não

Pergunta: Você deixaria o Dr. Mario te operar?
Resposta de Miyamoto: Definitivamente não

Pergunta: Super Mario Bros. 3 foi apenas uma performance (algo como um espetáculo de atores)?
Resposta de Miyamoto: Sim

Pergunta: Quando os Bob-ombs morrem, eles se transformam em Boos?
Resposta de Miyamoto: Não

Pergunta: Você sabe quem é a mãe de Bowser Jr.?
Resposta de Miyamoto: Sim (em seguida, Miyamoto aponta para si mesmo)

Pergunta: Mario quebra blocos com seu punho?
Resposta de Miyamoto: Sim

Resposta: Há fases criadas por você em Super Mario Maker?
Resposta de Miyamoto: Não (mas o desenvolvedor promete postar algo em breve)

E você, leitor(a), o que achou destas revelações sobre Mario feitas pelo seu próprio criador? Qual(is) delas mais te surpreendeu? Vale lembrar que alguns dos assuntos tratados no vídeo acima foram também abordados em nosso Top 5 sobre interpretações erradas da série Mario que você deve combater; conheça ou relembre esta fascinante matéria clicando aqui.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário