Miyamoto diz que games da Nintendo são feitos para agradar tanto ao público infantil como aos adultos

quinta-feira, 26 de março de 2015

Uma das principais críticas feitas aos games da Nintendo, desde a época do NES até os dias de hoje, é que eles são "infantis" demais. Os motivos para isso normalmente estão associados aos mundos de fantasia coloridos, que se tornaram uma das principais características das franquias da Nintendo, além da preocupação da companhia em não exaltar formas de violência explícita. Segundo o renomado designer Shigeru Miyamoto, criador de sucessos como Mario, The Legend of Zelda e Star Fox, a Nintendo não produz games focando somente no público infantil, mas sim para agradar ao maior número de possível de pessoas, sejam elas crianças ou adultos. Falando sobre este interessante assunto à revista Time, Miyamoto revelou que costuma se inspirar na maneira como peças teatrais e filmes abordam temas voltados a um público específico, e explicou porque considera mais desafiador produzir entretenimento para o público infantil do que algo focado somente no público adulto. Leia a declaração de Miyamoto logo abaixo.

O ideal é fazermos coisas que possam ser apreciadas pelo maior número de pessoas possível. Eu gosto de assistir a performances teatrais e visitar parques temáticos - coisas que apelam a um grande número de pessoas - observando tudo como um criador de games. É claro, há peças e filmes que eu pessoalmente gosto mais, e eu sempre aprecio o modo como estes criadores fazem seus trabalhos se focando em gostos específicos. Quando eles tentam apelar a um grupo específico de pessoas com suas criações, no entanto, eu acho que eles primeiro descobrem um tema para trabalhar, e apenas depois disso determinam que devem focar em uma audiência específica para trabalhar neste tema, e não o contrário.

Mesmo quando nós fazemos algo que queremos que agrade as crianças, sempre almejamos alcançar um nível de qualidade e conteúdo que até mesmo os adultos possam apreciar, então em outras palavras, fazer alguma coisa para as crianças pode ser mais difícil do que fazer algo especificamente para o público adulto.

E você, leitor(a), o que pensa sobre isso? Costuma levar em consideração questões relacionadas à faixa etária na hora de adquirir um novo console ou um novo game? Comente.

Via Time
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário