sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Nintendo revela ambiciosas pretensões de vendas para Switch neste ano fiscal; sistema pode ser maior que o Wii

De acordo com uma entusiasmante matéria publicada pelo jornalista Takashi Mochizuki no site do respeitado jornal Wall Street Journal, a Nintendo planeja vender de 25 a 30 milhões de unidades do Nintendo Switch, seu novo console lançado em março deste ano, até abril de 2018. Estas projeções tremendamente otimistas - lembrando que o antecessor, Wii U, vendeu pouco mais de 13 milhões de unidades em cinco anos - indicam que deve ocorrer um maciço aumento de produção do aparelho neste final de ano, o que é uma excelente notícia para quem não deseja ficar sem seu Switch neste Natal devido à costumeira falta de estoque.

E as perspectivas em relação ao desempenho mundial do Switch são ainda mais empolgantes na opinião do analista Junko Yamamura, que prevê uma base instalada global de 115.8 milhões de unidades do console até março de 2023, quando o sistema estaria completando o ciclo padrão de vida de seis anos.

Vale notar que, caso essa previsão se confirme, o Switch será o terceiro sistema de games mais vendido da história da Nintendo - atualmente o ranking é liderado pela família portátil Nintendo DS (154,02 milhões), seguido pela família Game Boy (118,69 milhões), enquanto que o sistema doméstico de maior vendagem por enquanto é o Wii, com 101,63 milhões de unidades vendidas, lembrando que estes são dados atualizados até março de 2017. E você, leitor(a), está confiante de que o Switch alcançará ou mesmo superará estas grandiosas metas almejadas pela Nintendo e por Yamamura, ou acha precipitadas e otimistas demais estas expectativas? Comente!

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário