sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Miyamoto fala sobre inspiração de Super Mario Run, e revela que game requer conexão constante à internet

Faltam apenas seis dias para o lançamento oficial de Super Mario Run, e sem dúvida fãs do bigodudo que possuem um dispositivo móvel iOS compatível já estão se deliciando com a versão demonstrativa lançada ontem na App Store. De passagem pelos Estados Unidos para promover o game, o produtor Shigeru Miyamoto obviamente tem sido bastante requisitado para entrevistas, e acabou fazendo algumas revelações surpreendentes sobre a nova aventura mobile do Mario. Uma delas é a de que a criação de Super Mario Run foi parcialmente inspirada nos speedrunners, jogadores que mostram um nível de habilidade absurdo ao tentar bater recordes de tempo em games de plataforma do Mario.

Miyamoto diz que assistindo a vídeos destas jogadas, funcionários da Nintendo perceberam que speedrunners nunca soltam o dedo do direcional para manter Mario correndo o tempo todo enquanto realizam saltos extremamente precisos. A Nintendo achou então que seria uma boa ideia se todos os jogadores pudessem ter uma experiência semelhante a essa com um game Mario, o que não deixa de ser um tanto quanto contraditório considerando a proposta essencialmente casual de Super Mario Run.

Outra revelação feita por Miyamoto é a de que Super Mario Run vai exigir conexão constante à internet, o que certamente deve desagradar alguns jogadores. No entanto, o designer ressalta que a Nintendo teve de tomar essa controversa decisão pensando principalmente na segurança e estabilidade do game, razão pela qual optou também por lançar o título primeiramente em sistemas móveis iOS.

Miyamoto nota que a equipe de desenvolvimento até cogitou permitir que o modo principal do game, World Tour, pudesse ser jogado offline, mas como este modo está diretamente conectado aos outros dois modos (Toad Rally e Kingdom Builder), que fazem uso de dados gravados em servidores online, foi preciso criar uma estrutura que integrasse os três modos e consequentemente tornasse todos eles dependentes de conexão constante à internet para funcionar de forma estável. Ou seja, se você pretende adquirir Super Mario Run e não quer ter a desagradável surpresa de saber que "sua princesa está em outra rede", é melhor estar com sua conexão online mobile em dia, leitor(a).

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário