terça-feira, 25 de outubro de 2016

Games vistos no trailer do Nintendo Switch foram usados apenas para demonstrar o conceito do console

Sim, é hora de confessar: ficamos tão entusiasmados com o primeiro trailer do Nintendo Switch que mal reparamos muito bem na mensagem que surge na tela final do vídeo dizendo que "a apresentação dos games não correspondem às versões finais", e que "gráficos e recursos estão sujeitos a mudanças". Mas a Nintendo fez questão de lembrar esse "pequeno" detalhe ao site Eurogamer para impedir que nossa imaginação vá longe demais (como se isso fosse possível). Leia a esclarecedora declaração feita pela companhia logo abaixo.

Este vídeo é dedicado a mostrar como o Nintendo Switch funciona. Queríamos transmitir em um breve vídeo como o Nintendo Switch representa uma nova era para os sistemas de videogame apreciados em frente a uma TV, permitindo que jogadores joguem em qualquer lugar, a qualquer momento, com quem quiser. Ele adiciona a portabilidade de um sistema móvel ao poder de um sistema de games doméstico.

Posteriormente, antes do lançamento em março, falaremos sobre coisas como a data exata de lançamento, e é claro, os games. Você não deve presumir que aquilo que viu no vídeo representa uma gravação real de jogo, e mais especificações sobre games first-party serão providenciadas mais tarde.

Segundo Dickhiskhan, um streamer do Twitch que trabalhou como ator no trailer do Nintendo Switch, o vídeo foi filmado no meio de setembro sob forte segurança e todos os atores e atrizes estavam na verdade segurando unidades falsas do console, sem nenhum game rodando nelas. A imagem que aparece no início deste post, destacando um mal posicionamento da gravação de um misterioso game Mario em uma das unidades falsas do Switch, é uma prova bem clara disso. Bem, ao menos temos a certeza de que um novo tipo de game de plataforma do Mario está sendo produzido, afinal quem garantiu isso foi o próprio Shigeru Miyamoto. Resta-nos agora esperar que a Nintendo revele mais detalhes sobre este game. Haja ansiedade!

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário