sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Reggie fala sobre lições que a Nintendo aprendeu com Wii U, e diz que intenção é não repetir erros com o "NX"

Todos nós, incluindo eu, você, e a indústria dos games em geral está na maior expectativa em relação à apresentação oficial do "NX", que deve acontecer a qualquer momento nos próximos quatro meses. O novo sistema de games da Nintendo chega ao mercado apenas em março de 2017, mas inevitavelmente tem sido um dos assuntos mais populares em sites especializados pelo mundo todo, e alvo de uma série de intrigantes especulações que tem alimentado ainda mais o já elevadíssimo hype.

Recentemente, o site [a]list teve a oportunidade de abordar o Presidente da Nintendo of America, Reggie Fils-Aime, para uma entrevista, e aproveitaram a ocasião para falar sobre o lançamento do "NX", tocando em um ponto crucial: como a Nintendo espera conseguir uma melhor recepção ao seu novo console, principalmente depois do apático desempenho do Wii U nas lojas? A resposta de Reggie a esta interessante questão você confere logo abaixo, assim como as declarações do executivo envolvendo a presença da Nintendo na área mobile e sua promissora parceria com a Universal Studios.

Sobre erros do Wii U e expectativas em relação ao "NX"
Reggie diz que a Nintendo sempre aprende algo quando lança uma nova plataforma. No entanto, a Nintendo ainda acredita que a ideia inovadora de uma segunda tela no Wii U é um conceito válido. Mencionando games como Super Mario Maker, Super Mario 3D World, Super Smash Bros. e Splatoon, ele reafirma que o Wii U possui o melhor catálogo de games únicos muito bem avaliados pela crítica e por consumidores.

Para o lançamento do "NX", a Nintendo pretende desta vez mostrar de maneira mais clara o diferencial de seu produto, e o que isso significa para a experiência de jogar, além de lançar grandes games em intervalos menores de tempo para atrair o público.

Sobre games mobile da Nintendo e como eles alavancam suas IPs
Reggie salienta a maciça interação do público com o aplicativo da Nintendo, em especial no "Wii Photo" (provavelmente se referindo ao modo Miifoto incluído em Miitomo), com usuários compartilhando suas fotos em todos os lugares. A Nintendo vai usar este conhecimento nos vindouros aplicativos de Fire Emblem e Animal Crossing, e ainda pretende lançar mais outros dois aplicativos até o final de março do ano que vem.

O executivo destaca os quatro pilares essenciais para a Nintendo trazer sorrisos ao rosto das pessoas através de suas IPs: videogames, mobile, produtos licenciados, e outros tipos de entretenimento como a parceria com a Universal Studios; todos eles têm um papel importante em aumentar a visibilidade das IPs. Quem experimentar Fire Emblem no smartphone, por exemplo, pode acabar desejando uma experiência mais profunda com a série jogando os títulos de 3DS.

Sobre os parques temáticos Nintendo com a Universal Studios
Reggie afirma que a parceria está se desenvolvendo tremendamente bem, pois a Universal Studios tem uma valiosa experiência na área e também bastante afinidade com IPs da Nintendo, e devem criar atrações realmente mágicas para visitantes. Ele sugere ainda que as atrações Nintendo no parque da Universal devem trazer algum tipo de interação com smartphones.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário