sexta-feira, 15 de julho de 2016

Pokémon Go é lançado na Itália, Espanha e Portugal, e deve chegar a mais 200 países em período "relativamente breve"

Como um poderoso furacão, em menos de dez dias Pokémon GO foi dominando completamente o território virtual da internet e tornou-se a novidade mais desejada do momento por milhões e milhões de pessoas no mundo todo. No entanto, a indesejável verdade é que o aplicativo que transforma usuários de celulares iOS e Android em "reais" treinadores(as) Pokémon ainda está disponível oficialmente em poucos países: Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Alemanha, e Reino Unido. E nesta sexta-feira mais três países europeus receberam (provavelmente de braços abertos) o lançamento de Pokémon GO: Itália, Espanha e Portugal - ao menos em algum lugar do mundo já há pessoas curtindo o game em português.

É claro que a Niantic não vai parar por aí, mas o sobrecarregamento de servidores causado pela imensa adesão inicial do público tem dado bastante trabalho à desenvolvedora, que atualmente está trabalhando na melhoria do desempenho de seus servidores para dar conta da incrível popularidade do aplicativo. Apesar dos problemas, John Hanke, Diretor Executivo da Niantic e Co-Produtor de Pokémon GO, disse à agência de notícias Reuters que espera lançá-lo em mais duzentos países em um período "relativamente breve" de tempo.

Hanke salienta que em alguns países, como a Coréia do Sul e a China, o lançamento do aplicativo pode ser um pouco mais complicado. No caso da Coréia do Sul, existem limites para a utilização do Google Maps por questões de segurança relacionadas à vizinha Coréia do Norte, e na China a questão mais problemática é mesmo a burocracia. Bem, se Pokémon GO não chegar ao Brasil ao menos até o início das Olimpíadas do Rio de Janeiro (5 de agosto), ninguém pode dizer que foi por falta de convite...

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário