Iwata relembra sua fama de "Super Programador" e diz que ajudou Super Smash Bros. Melee ser lançado a tempo

domingo, 28 de dezembro de 2014

Em entrevista concedida a site japonês 4Gamer, o ilustre presidente da Nintendo, Satoru Iwata, relembrou sua fama de "Super Programador" da época em que começou a trabalhar na Hal Laboratories, uma das mais renomadas second-parties da Big N. Segundo Iwata, sua facilidade em mexer com codificação de games era tanta que ele acreditava ser capaz de escrever códigos do NES melhor do que qualquer engenheiro do estúdio Nintendo EAD, ou ao menos escrever códigos mais ágeis e compactos. Depois que subiu de cargo na Nintendo, e passou a ocupar uma posição de gerenciamento na companhia, Iwata continuou trabalhando com códigos, embora isso não fizesse mais parte de suas obrigações; ele levava alguns trabalhos da área para casa nos fins de semana, e retornava com eles na segunda-feira para ver a reação de seus colegas de trabalho.

O entrevistador Kawakami perguntou então qual foi realmente a última vez que o executivo trabalhou na codificação de um título da Nintendo, e obteve uma resposta surpreendente; Iwata revelou que foi graças aos seus talentos que os desenvolvedores de Super Smash Bros. Melee puderam consertar uma série de bugs inconvenientes para que o game pudesse chegar ao mercado a tempo do lançamento do GameCube; leiam a interessante declaração de Iwata sobre este assunto a seguir.

Eu fui na Hal Labs em Yamanashi e atuei como o chefe de debugging [solução de erros]. Então eu fiz a revisão do código, li o código e consertei mais bugs, li o longo relatório de bugs da Nintendo, descobri onde estava o problema e chamei pessoas para resolvê-lo... gastei três semanas nisso. E, por causa disso, o game pôde sair a tempo.

Segundo Iwata, embora pelos padrões atuais ele já não possa ser considerado mais como um "Super Programador", ele procura se manter relativamente atualizado sobre os sistemas de códigos atuais, afinal como ele mesmo diz: "não quero perder minha posição como o Chefe de Operações Executivas de uma companhia listada no Japão com vasto conhecimento em programação."

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário