Circuitos retrô da Lighting Cup são destaque em novas artes oficiais do game Mario Kart 8

sábado, 7 de junho de 2014

Os quatro circuitos retrô escolhidos pelos desenvolvedores para integrar a Lightning Cup de Mario Kart 8 (Wii U) fazem jus à definição desta Copa, já que são realmente eletrizantes. A nova rodada de artes oficiais do game divulgadas agora há pouco pela Nintendo conseguem transmitir com muita eficiência toda a grandiosidade e sinuosidade destas pistas, que vão surpreender até mesmo aqueles que pensavam conhecer detalhadamente suas versões originais. Logo no primeiro desafio, a recriação de Tick-Tock Clock, que apareceu pela primeira vez em Mario Kart DS, convida os corredores a acelerar e planar por entre engrenagens e ponteiros de relógios. Esta sem dúvida é uma das reformulações mais deslumbrantes promovidas por Kosuke Yabuki e sua equipe, como você pode notar pela arte oficial do circuito logo abaixo.


Piranha Plant Slide não sofreu mudanças tão drásticas em relação ao seu design original, algo compreensível considerando que este é um circuito bem recente da série - ele estreou em Mario Kart 7 (3DS). No entanto, a Nintendo resolveu dar uma polida a mais na iluminação dos ambientes, assim como adicionar uma seção anti-gravidade na porção aquática da pista, tornando as disputas muito mais emocionantes.


Correr por dentro de um vulcão em erupção sem dúvida foi uma das experiências mais marcantes de quem jogou Mario Kart Wii. Para alegria de todos que curtem disputas realmente quentes, Grumble Volcano está de volta em Mario Kart 8, com um visual melhorado, e com muito mais lava do que antes. As corridas aqui prometem literalmente pegar fogo, ainda mais com as bolas de fogo que são expelidas pelo vulcão em alguns pontos da pista.


O último desafio da Lightining Cup só poderia mesmo ser a radiante e colorida Rainbow Road. Desta vez, a Nintendo resolveu homenagear a versão de Mario Kart 64, uma das mais queridas pelos fãs, e também um dos circuitos mais longos da série Mario Kart; talvez por essa razão, ele tenha sido divididos em três seções ao invés de três voltas, se tornando o primeiro circuito retrô a receber este tratamento. Muitas mudanças visuais foram feitas, e uma das mais notáveis é que o circuito agora fica logo acima de uma enorme e iluminada cidade, e não mais no meio de uma noite estrelada. Os Chain Chomps também mudaram de estratégia em seus esporádicos ataques aos pilotos: agora eles ficam pulando e provocando várias ondulações no percurso. Vale notar também o trem com Toads que fica rodeando a pista e distribuindo algumas Coins para os corredores de vez em quando: fique atento(a) para não perder nenhuma!


E você, leitor(a), o que achou da seleção de pistas retrô da Lightning Cup em Mario Kart 8? Qual delas mais chamou a sua atenção? Comente.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário