Nintendo relata prejuízos financeiros em último ano fiscal; Wii U causa "impacto negativo" nas finanças da companhia

quarta-feira, 7 de maio de 2014

A Nintendo divulgou relatórios do último ano fiscal, findado no dia 31 de março de 2014, com resultados financeiros bem abaixo do esperado: com uma perda de 46,4 bilhões de ienes — o equivalente a mais de 1 bilhão de reais —, este torna-se o terceiro ano de perdas consecutivas para a companhia. O doméstico Wii U, que tinha vendas estimadas em 9 milhões de unidades no último ano, alcançou apenas 2,72 milhões, somando ao total de 6,17 milhões de consoles vendidos desde seu lançamento.

Por outro lado, os portáteis da Nintendo, 3DS, 3DS XL e 2DS, continuam nutrindo as finanças da Big N: as vendas de hardware já chegam a 12,24 milhões, enquanto as de software já estão em 12 milhões. Pokémon X/Y e Animal Crossing: New Leaf têm se destacado nestes números, e títulos como Luigi's Mansion: Dark Moon, The Legend of Zelda: A Link Between Worlds e Mario & Luigi: Dream Team ultrapassam a margem de 2 milhões de unidades vendidas.

Apesar de todas as moedas caídas, a Nintendo mantém o otimismo, prevendo um rendimento de 40 bilhões de ienes (o equivalente a 879 milhões de reais) e um aumento de vendas do Wii U — agora estimadas em 3,6 mi — até o dia 31 de março de 2015. Como foco, a empresa ainda mantém o que considera o maior diferencial de seu console, a Wii U GamePad, incluindo sua funcionalidade como leitor de NFC (Comunicação de Campo Próximo). A adição de títulos do Nintendo DS ao Virtual Console do Wii U e o impacto propulsor de Mario Kart 8 e Super Smash Bros. for 3DS and Wii U são as grandes cartas na manga da companhia. Vamos esperar pelo melhor.
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário