Canos de gacha serão completamente removidos de Mario Kart Tour; nova loja de destaques será adicionada


O sistema de gacha representado por disparos de canos será completamente removido de Mario Kart Tour. A informação foi divulgada pela própria Nintendo nas redes sociais do jogo.

Os canos de temporada funcionam como uma espécie de loot box, na qual os jogadores utilizam recursos in-game, como rubis, no caso, para ter a oportunidade de obter um item aleatório. Em Mario Kart Tour, os canos podem disparar pilotos, veículos e planadores de forma randômica, e o resultado dependerá da sua sorte.

Este tipo de mecânica pode estimular os jogadores a pagar pelos recursos necessários para conseguir os itens desejados através de microtransações monetárias. Como Mario Kart Tour é um game free-to-play, ou gratuito para jogar, as microtransações são a principal fonte de retorno financeiro para as desenvolvedoras Nintendo EPD e DeNA — e o principal motivo do jogo ser constantemente atualizado com novos conteúdos.

Para compensar, será adicionado ao jogo a Spotlight Shop, uma loja de destaques na qual você poderá usar seus rubis para comprar os pilotos, veículos e planadores que quiser. A nova loja será a quinta do menu, reunirá tanto itens atuais quanto de temporadas anteriores e estará disponível no jogo no dia 5 de outubro de 2022.

Vale lembrar que os itens da Spotlight Shop não serão vendidos por moedas ou tokens de evento, apenas rubis — similar à atual loja dos trajes de piloto Mii.

Isso é bom ou ruim?

Para muitos jogadores, a remoção do sistema de gacha é muito bem-vinda. Como nunca há garantia de conseguir aquilo que se deseja, o sistema é muito similar a um jogo de azar, e o método não é visto com bons olhos em determinados países. Na Bélgica, por exemplo, o jogo foi banido em 2019 devido a uma lei que proíbe games com loot boxes, algo que viola as leis locais contra jogos de azar. Sem falar, é claro, que o gacha de Mario Kart Tour deixará de ser o maior motivo de críticas entre os avaliadores do aplicativo.

A possibilidade de usar os rubis para comprar exatamente o personagem, kart ou planador que se deseja ao invés de desperdiçá-los numa porcentagem de chance de obtenção é algo muito positivo. Embora há quem se divirta com as chances dos disparos de canos, outros o consideram uma fonte de agonia: esvaziar a sua carteira de rubis, obter vários itens indesejados e ainda assim não conseguir o que se quer é uma situação muito mais concordante entre a comunidade.

Espera-se que esta mudança não somente atraia novos jogadores para o game, como também torne a despertar o interesse de jogadores antigos, originalmente afastados por aversão ao esquema de loteria.

A única preocupação que parece afligir a comunidade com esta notícia é o teto do preço dos itens individuais na Spotlight Shop. Os trajes de piloto Mii já estão na faixa de 70 a 100 rubis, o que preocupa os jogadores com relação ao preço que será determinado para itens Classe A de temporada. Todo o conteúdo dos canos poderia ser avaliado em 450 rubis. Supondo que o jogador dispare os 450 rubis em um determinado cano, ele poderia conseguir de 9 a 12 itens Classe A além de dezenas de itens de raridade comum. Quanto poderá ser comprado pela mesma quantidade de rubis?

Queremos saber a sua opinião sincera: você acha que a remoção dos canos de gacha de Mario Kart Tour é algo positivo ou negativo? Elabore na seção de comentários abaixo ou nas redes sociais do Reino do Cogumelo — estamos sempre de olho!
Eduardo Jardim

Natural de São Paulo (SP), Eduardo "Pengor" Jardim é um criador de conteúdo, cartunista e imaginauta. Criou o Reino do Cogumelo em 2007 e desde então administra e atualiza seu conteúdo, conquistando dois prêmios Top Blog e passagens pela saudosa Nintendo World.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem