Como os Toads se reproduzem?


Pergunta enviada pelo Pato Chefe da página Pato Nintendista através do Twitter do Reino do Cogumelo. Em Mario Tennis 64, na comemoração do Toad, ele é atingido pelo próprio troféu e a batida acaba liberando esporos de sua cabeça. Os esporos, em pouco tempo, tornam-se vários cogumelos menores, brancos, com círculos vermelhos — idênticos ao padrão do próprio Toad.

Seria essa a forma como os Toads se reproduzem?

Toads são humanoides e, apesar de uma entrevista de Shigeru Miyamoto de 2014 afirmando que eles foram inicialmente projetados sem um gênero específico em mente, membros de sua espécie apresentam dimorfismo — ou, diferenças visuais com base em gênero. Toadette, por exemplo, possui tranças, e Jolene, de Paper Mario: The Thousand-Year Door, possui até mesmo uma franja loira partindo por debaixo do chapéu de cogumelo. Logo, imagina-se que os Toads se reproduzam da mesma forma que os mamíferos.

Vários jogos de RPG do Mario como Super Mario RPG: Legend of the Seven Stars apresentam Toads infantes que moram em estruturas familiares idênticas à dos humanos, como Gaz, da família dos estalajadeiros de Rose Town — o que indica um ciclo de crescimento e desenvolvimento comum até a fase adulta.

Mas a animação de Mario Tennis 64 levanta uma questão muito forte sobre o quanto a natureza fúngica dita as características gerais dos Toads.

Enquanto ainda não temos uma resposta oficial — e pouco provavelmente teremos algum dia — sobre o método reprodutivo dos Toads, acreditamos que os cogumelos menores gerados pela liberação de esporos na animação do jogo da Camelot não somente tenham sido adicionados a caráter cômico, com ausência total de profundidade narrativa, como também não tenham a mesma capacidade cognitiva de sua espécie.


Mario Tennis 64 foi lançado 22 anos atrás e, desde então, nunca mais a espécie foi associada à emissão de esporos e ao brotamento de cogumelos menores — nem sequer depois de serem pisoteados pelo encanador nos jogos de plataforma da série principal! Novamente, tudo o que nos resta é fazer como a Nintendo e esquecer que isso um dia aconteceu, dar à animação a devida irrelevância narrativa ou, por que não, continuar teorizando.

Continue ligado no Reino do Cogumelo para mais curiosidades sobre Super Mario!
Eduardo Jardim

Natural de São Paulo (SP), Eduardo "Pengor" Jardim é um criador de conteúdo, cartunista e imaginauta. Criou o Reino do Cogumelo em 2007 e desde então administra e atualiza seu conteúdo, conquistando dois prêmios Top Blog e passagens pela saudosa Nintendo World.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem