Por que os Toads de hoje em dia são genéricos? Produtor de Paper Mario responde


Questão enviada por Jogatinando Clássicos através do Twitter oficial do Reino do Cogumelo. Quem se lembra de personagens Toad com características únicas, como cortes de cabelo, franjas, pelos faciais, acessórios, vestidos e roupas individuais, pode perceber que o povo-cogumelo passou a adotar uma estética um pouco mais genérica nos dias de hoje.

E há um motivo desanimador para isso: restrições criativas. Em entrevista recente ao GamesRadar, Kensube Tanabe, produtor de Paper Mario: The Origami King (Switch), reitera que a equipe não é mais capaz de representar graficamente características individuais nos NPCs (personagens não jogáveis) da espécie Toad.

A partir da produção de Paper Mario: Sticker Star, não podíamos mais representar graficamente características individuais, como idade, gênero etc., nos Toads NPCs, e isso deu uma importância maior na transmissão de suas personalidades simplesmente através de texto. O nosso escritor, Sr. Taro Kudo, tem lutado com este difícil desafio desde Paper Mario: Sticker Star, mas conseguiu dar um sentido de humor a todos os textos.

Mesmo assim, eles conseguiram driblar a regra em determinadas ocasiões:

Neste jogo, Paper Mario: The Origami King, pudemos incluir alguns Toads vestindo uma roupa para combinar com seus papéis, e também criamos personagens de origami originais.

Isso nos remete a uma outra entrevista de Tanabe ao site VGC no ano passado, na qual o produtor confessou que atualmente não é mais possível modificar personagens do Mario.

Isso significa que, se não pudermos usar personagens do Mario como chefões, precisamos criar personagens originais com designs que não envolvam o universo Mario de forma alguma, como fizemos com [o rei] Olly e os chefes de papel. (...) Ser incapaz de usar novos personagens é bastante restrito. Não podíamos criar nenhum inimigo novo, e quanto aos aliados entre os personagens do Super Mario, temos apenas o Toad em várias cores!

Embora o design estético dos pequenos cidadãos do Reino do Cogumelo ainda não são o bastante para mudar a qualidade geral de um jogo, a adição de NPCs variantes ajuda a manter o frescor e tornar o mapa mais interessante. Será que, mais para frente, ainda veremos uma brecha na tendência tradicionalista dos Toads?

E você, querido(a) leitor(a)? O que acha dos Toads retornando à tradicionalidade? Acha que Toads com designs diferentes confundiriam as pessoas? Deixe suas opiniões nos comentários abaixo!
Eduardo Jardim

Natural de São Paulo (SP), Eduardo "Pengor" Jardim é um criador de conteúdo, cartunista e imaginauta. Criou o Reino do Cogumelo em 2007 e desde então administra e atualiza seu conteúdo, conquistando um prêmio Top Blog e passagens pela extinta Nintendo World.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem