Previsto para 2022, filme animado do Mario será co-produzido por Miyamoto

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Um tempo depois de ter sido anunciado aqui no Reino do Cogumelo em 2018, começam a pipocar maiores informações a respeito do longa-metragem animado do Mario.

A animação será resultado de uma parceria para expansão de conteúdos visuais a audiências mais amplas realizada entre o diretor representativo Shigeru Miyamoto e o fundador e diretor executivo da Illumination Entertainment, Chris Meledandri. Não somente esta é a primeira vez em que o pai do Mario é citado como parte da supervisão do filme, como também ele é confirmado oficialmente como co-produtor do projeto.

A Illumination é o estúdio de animação responsável por filmes como Meu Malvado Favorito (2010), Minions (2015), Pets: A Vida Secreta dos Bichos (2016) e Sing: Quem Canta Seus Males Espanta (2016). A distribuição do novo filme do Mario será por conta da Universal Pictures.

Vale lembrar que Bowser, arqui-inimigo do Mario, apareceu no filme da Disney Detona Ralph, de 2013 — e, nesta ocasião, a Nintendo interviu no resultado final do design e comportamento do rei dos Koopas, de modo a torná-lo mais fiel ao modelo original. No longa animado do Mario, as exigências da Nintendo para com o estúdio responsável não seriam menores, razão pela qual podemos esperar uma animação muito promissora e fiel aos jogos.

O primeiro filme animado do Mario?

Poucos sabem, mas este não seria o primeiro filme animado do Mario, como muitos veículos estão pintando por aí. Uma das mais raras peças da franquia, o anime em longa-metragem Super Mario Bros.: Pīchi-hime Kyushutsu Dai Sakusen!, lançado somente no Japão no dia 20 de julho de 1986, deu à ainda jovem série uma extremamente divertida história de origem para a época, com direito até a plot twists imprevisíveis.

Fique ligado no Reino do Cogumelo para maiores novidades!
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário