O segredo do rugido do Bowser

domingo, 27 de setembro de 2020

Alguma vez, enquanto enfrentava o Bowser em Super Mario 64 (1996), você já teve a sensação de ter escutado o rugido dele em algum lugar? Ou já teve a impressão de já ser familiarizado com o som reproduzido pelo Wii Remote quando o Bowser é escolhido em Super Smash Bros. Brawl (Wii, 2008)? Este pressentimento seria totalmente compreensível: em muitos jogos do Mario desde o Nintendo 64, o bradar do rei dos Koopas é na verdade um som de domínio público produzido e disponibilizado pela Sound Ideas, uma das maiores bibliotecas de efeitos sonoros do mundo.

Parte do acervo da Universal Studios, o áudio, chamado de "MONSTER - ROAR, ANIMAL 05", ficou muito conhecido como a voz do antagonista principal do Super Mario, mas sua criação data várias décadas antes de seu uso nos jogos eletrônicos da Nintendo. A primeira vez em que o rugido surgiu foi no filme No Mundo dos Monstros Pré-Históricos (The Land Unknown), de 1957.
O grito do Bowser também pode sair da boca dos vírus mutagênicos do RPG de ação em primeira pessoa System Shock (PC, 1994). Riptor, a Velociraptor de Killer Instinct (Super Nintendo, 1995) também faz uso do mesmo grito.

E não para por aí: vários processos cinematográficos, incluindo desenhos animados, também já fizeram uso deste som. A citar alguns exemplos, você pode escutá-lo no episódio 13 da 10ª temporada de Hora de Aventura ("Venha Comigo"); no 20º episódio da 2ª temporada de Gravity Falls: Um Verão de Mistérios ("Estranhagedon 3 - Recuperando Gravity Falls"); na forma de tiranossauro do Mutano em Jovens Titãs; entre outros.

Super Mario 64 foi relançado com visuais melhorados no dia 18 de setembro na coletânea Super Mario 3D All-Stars para Nintendo Switch, junto a Super Mario Sunshine e Super Mario Galaxy. O compilado é parte do evento de celebração dos 35 anos de aniversário de Super Mario Bros., o primeiro jogo da série principal.
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário