Nintendo pode estar pretendendo mudar de planos sobre ir adiante com o mercado de jogos para smart phones

quinta-feira, 25 de junho de 2020



O mercado de jogos para aparelhos celulares não é um campo comum de investimento, já que há uma imensidão de opções competindo pelo o mesmo nicho e, apesar de haver alguns que se destacam por um período, a irrelevância pode chegar muito rapidamente quando um novo aplicativo é lançado.

Desde que a Nintendo iniciou a sua própria investida no espaço de jogos de smart phones, algumas sobrancelhas foram levantadas, pois não só o anúncio ocorreu durante o ponto mais baixo de vendas de sua plataforma principal na época, o Wii U, mas como as intenções de marketing da Big N de início não eram tão compatíveis com a demanda de jogadores de celular.

De fato, a proposta sempre foi promover suas marcas através de experiências mais simplórias, a ponto de que cativasse um novo público para que o interesse em jogos mais elaborados em suas plataformas principais (hoje, como o Nintendo Switch) fosse gerado de forma orgânica. E desde então, os aplicativos complementares da Nintendo continuaram a sair e serem recebidos com múltiplos níveis de sucesso.

Fire Emblem Heroes, indiscutivelmente, foi e continua sendo a maior de suas empreitadas, que graças ao seu sistema de monetização, conteúdo constante e uma base de jogadores assustadora, proporcionou lucro para a companhia. Seguido com o RPG Dragalia Lost (colaboração com a CyGames) e uma grande diferença com outros aplicativos na forma de Super Mario Run, Animal Crossing: Pocket Camp, Mario Kart Tour, Dr. Mario World e Miitomo (que até mesmo foi descontinuado em 2018).

Segundo reportagem no site Bloomberg, a constante falta de interesse nos aplicativos (gradualmente causando prejuízo devido aos investimentos), em contrapartida, o sucesso estonteante do Nintendo Switch (em particular as vendas de Animal Crossing: New Horizons), e os comentários do CEO da Nintendo Shuntaro Furukawa em Maio, relatando que estão mudando o seu foco com o mercado mobile daqui pra frente, faz analista Serkan Toto crer que a Nintendo pode estar cessando seus esforços com jogos para smart phone.

Mario Kart Tour, seu último lançamento, continua a receber conteúdo apesar dos impactos do COVID-19, porém com Mario Kart 8 Deluxe sendo o jogo mais vendido no Nintendo Switch no momento (24 milhões como relatado em Março), torna o irmão mais novo de celular um tanto irrelevante.

Toto diz que é possível que a pressão interna para investimentos nos jogos de celulares esteja diminuta, devido ao sucesso do Switch. Mas não há confirmação da Nintendo no presente momento, com a próxima reunião de investidores marcada para amanhã, dia 26 de Junho, onde poderemos ter alguma ideia do que se concretizará de todos esses burburinhos.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário