LEGO Mario vem aí! Saiba tudo sobre a parceria da LEGO com a Nintendo

sábado, 14 de março de 2020

Há pouco tempo, a Nintendo mostrou ao mundo o resultado de uma parceria muito promissora com a LEGO: um boneco interativo do Mario repleto de funções interessantes. Apesar de ter sido revelado agora, o projeto tem sido planejado por mais de quatro anos — é o que revela Jonathan Bennink, gerente de design da LEGO Creative Play Lab e diretor de design digital o LEGO Super Mario, em entrevista ao The Brothers Brick, website dedicado a destaques e notícias sobre brinquedos de montar. No produto final, que será lançado ainda este ano, será possível criar sua própria fase do Mario composta por estruturas de pecinhas LEGO.

Bennink narra que houve, nesta parceria, o esforço para a mesclagem do uso de criatividade e imaginação da LEGO com a política de interatividade e inovação da Nintendo — que ajudou a trabalhar intimamente na tecnologia implementada no boneco. Takashi Tezuka, co-criador do Mario e funcionário da Nintendo há aproximadamente 45 anos, esteve no projeto. A marca registrada da LEGO é carimbada na possibilidade de montar a sua própria fase de video game, sobre a qual o boneco interage.
"Tudo acontece nos blocos, e trata-se de ter ideias para as fases e construir qualquer coisa que você quiser usando a tecnologia e interatividade as quais a Nintendo é conhecida por infundir desde o início."
Este Mario não é só um bonequinho qualquer: ele usa um sensor óptico, possui um alto-falante que externa clipes de voz e trilhas sonoras, telinhas através das quais os olhos e a boca do personagem são animados e uma pequena tela no peito, onde são exibidas informações sobre o jogo — como o número de moedas coletadas, quanto tempo você ainda tem para completar a fase e demais interações com o conjunto de peças.

Como são feitas estas interações? Através de um sensor de cores na parte inferior do boneco. No vídeo promocional abaixo, pode-se ver a leitura destes códigos de barra — adesivos pré-aplicados em peças de tamanho 2 x 2 — em determinados momentos, como na planta Piranha, na plataforma rotacional e no escudo do Bowser Jr.:


Link direto

Infelizmente, LEGO Super Mario não se conecta ao Nintendo Switch e nenhuma outra plataforma de hardware da Nintendo. Isto se deve à meta dos produtores de manter as experiências separadas. Bennink afirma que o Mario da LEGO não é um video game, mas que as crianças podem basicamente interpretar o jogo eletrônico através dos cenários e da construção de níveis.

Este pode ser só o começo de uma série de ideias divertidas a conquistar o mercado.
"Esperamos ter um relacionamento longo e proveitoso com a Nintendo e suas marcas, e estamos realmente ansiosos para trabalhar com eles a longo prazo. Eles têm muitas propriedades intelectuais empolgantes com as quais poderemos ou não trabalhar."
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário