quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Reggie reafirma que Switch vai receber serviços de vídeos sob demanda e fala sobre Virtual Console no sistema

Quase oito meses se passaram desde que o Nintendo Switch chegou às lojas, e embora o console seja um grande sucesso mundial e já tenha em seu catálogo uma boa quantidade de games exclusivos de altíssima qualidade, ainda não é, por assim dizer, um sistema doméstico de games completo segundo os padrões atuais.

Afinal, faltam a ele algumas funcionalidades que se tornaram padrão para aparelhos do tipo nos últimos dez anos, como aplicativos de vídeos sob demanda (Netflix, Amazon Instant Video, etc.) e lançamentos de versões digitais de grandes clássicos do passado - como o serviço Virtual Console das plataformas Wii, Wii U e 3DS.

Entrevistado pelo site Fast Company, o Presidente da Nintendo of America, Reggie Fils-Aime, falou sobre esta importante questão, confirmando que estes serviços chegarão ao Nintendo Switch no futuro próximo, e aproveitando a ocasião para lembrar que em 2018 teremos o lançamento do Nintendo Switch Online, serviço de rede pago que vai oferecer acesso a games clássicos em formato digital com opção de multiplayer online. Leia a declaração completa do executivo logo abaixo.

Absolutamente. Deixe-me esclarecer isso em ordem reversa. Nós acabamos de lançar uma atualização via rede que continua a dar recursos adicionais. Agora é mais fácil transferir conteúdo de um Switch para outro, e então nós continuaremos a construir a infraestrutura para o sistema apenas para facilitar mais e mais para nossos consumidores sua utilização.

Em relação a outros entretenimentos, fomos claros, no lançamento, que queremos que isso seja um dispositivo de games e entregaremos em cima disso, mas também dissemos que serviços de VOD [Video on Demand, ou Vídeo sob Demanda] chegariam a seu tempo. E eles vão chegar.

Em relação ao Virtual Console, dissemos que com o lançamento do Nintendo Online e deste serviço, que haveriam ações relacionadas a conteúdo de nosso legado como parte disso, e isso é algo que será lançado no ano que vem. E então detalharemos isso no tempo apropriado.

Mas estamos cientes das críticas e certamente nosso foco é continuar fazendo do Nintendo Switch um produto que as pessoas queiram gastar tempo e dizer, "Esta é uma grande inovação e algo que me orgulho de ter."

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário