quinta-feira, 13 de abril de 2017

Produção do NES Classic Edition é descontinuada; comunicado da Nintendo indica que decisão é temporária

Lançado em 11 de novembro do ano passado na América do Norte, o console NES Classic Edition conquistou um sucesso absolutamente retumbante de vendas, tanto que a Nintendo of America teve de vir a público pedir desculpas por não estar conseguindo atender à altíssima demanda do produto.

Nos meses que se seguiram, a contínua escassez do console no estoque das lojas continuou a ser alvo de críticas por parte de consumidores, e o comunicado enviado hoje pela companhia ao site IGN certamente não será recebido com entusiasmo por grande parte das pessoas que ainda aguardam ansiosamente pela oportunidade de comprar uma unidade do NES Classic Edition. Leia a declaração completa logo abaixo.

Durante o mês de abril, territórios atendidos pela NOA (Nintendo of America) receberão os últimos envios de sistemas Nintendo Entertainment System: NES Classic Edition para este ano. Encorajamos a qualquer pessoa interessada em obter este sistema a checar com as lojas de varejo a questão da disponibilidade. Entendemos que tem sido difícil para muitos consumidores encontrar o sistema, e pedimos desculpas por isso. Prestamos muita atenção ao retorno dos consumidores, e apreciamos imensamente seu incrível nível de interesse e suporte a este produto.

Embora seja um tanto desapontador, o comunicado acima sugere que a decisão de encerrar a produção do NES Classic Edition é temporária, podendo talvez ser reiniciada em 2018. No entanto, na dúvida em relação a um possível retorno do produto às lojas no futuro, o melhor a fazer é seguir o conselho da Nintendo e ir atrás de lojas que tenham o console disponível para venda o mais rápido possível, já que as últimas remessas serão enviadas pela companhia este mês. E você, leitor(a), o que pensa sobre a decisão da Nintendo em descontinuar o NES Classic Edition? Já tem ou pretende adquirir o console? Comente!

Via IGN
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário