quinta-feira, 7 de julho de 2016

Miyamoto fala sobre qual é o "diferencial Nintendo"

O que faz com que os games da Nintendo sejam considerados experiências realmente únicas e singulares? O "diferencial Nintendo" é uma definição que vem sendo utilizada pela criadora de Mario há algum tempo como uma forma de promover a forma única com que seus games podem ser vivenciados pelos jogadores. Vale notar que o novo slogan adotado pela Nintendo, There's no play like it!, que pode ser traduzido como "Não há jogada como essa!", faz uma alusão bastante direta à originalidade de suas criações.

Durante uma entrevista concedida por ocasião da E3 2016 ao repórter Stephen Totilo do site Kotaku, que envolveu também o ovacionado The Legend of Zelda: Breath of the Wild, o sempre muito requisitado designer Shigeru Miyamoto, um dos principais responsáveis pelas experiências mais singulares criadas pela gigante japonesa há quase quatro décadas, finalmente foi confrontado com a questão: afinal, qual é o grande diferencial dos games Nintendo? Descubra agora mesmo qual foi a longa, elaborada e bastante reveladora resposta de Miyamoto a esta pergunta logo abaixo.

Miyamoto sobre a singularidade dos games Nintendo
Pode ser a forma como você joga o game ou algumas das técnicas ou tecnologia que são usadas. Há sempre uma quantidade limitada de coisas que podemos usar, então é a maneira pela qual usamos isso e em que combinação. Então é realmente - ao invés de criar - um pouco como editar, em um certo sentido. Isso pode se tornar um pouco conceitual demais, mas acho que o que realmente importa em um game é que haja um núcleo. E, baseado neste núcleo, nós usamos a tecnologia... para desenvolver o game. Penso que o que parece único para muitas pessoas é o uso de diferentes tecnologias ou diferentes técnicas [para criar games], mas sinto que, contanto que você tenha um núcleo que seja diferentes dos outros, é isso o que "originalidade" significa. Então podemos estar usando os mesmos tipos de tecnologia, o mesmo tipo de técnicas, mas quando as usamos, conseguimos algo diferente.

Miyamoto sobre o que é o núcleo de um game
Acho que tem a ver com a experiência do consumidor jogando o game. É algo que fazemos com o Wii U. Você pode apenas experimentar jogar um game com duas telas no Wii U, e realmente envolve usar técnicas passadas e tecnologias que já foram usadas antes. Nos mantemos nessa linha, e no fim descobrimos alguma coisa nova. Mesmo com o mundo Zelda que é sobre espadas e magias, se fôssemos criá-lo em 3D e extremamente realista, e renderizar o personagem principal de forma realista, você jogaria games que já estão por aí em todo o lugar.

E então Zelda é realmente sobre explorar e se aventurar através da terra. E você está de certa forma lutando contra a terra como se estivesse em uma caminhada na vida real, e é assim que este game [The Legend of Zelda: Breath of the Wild] funciona. E os jogadores precisam pensar por si mesmos e colocar suas ideias em prática. É isso o que este game é.

Via Kotaku
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário