Miyamoto e Tezuka falam sobre o desafio de balancear a dificuldade nos games de plataforma Mario

domingo, 4 de outubro de 2015

Atualmente, há uma distinção bem grande entre jogadores inexperientes, que muitas vezes se encaixam na categoria de jogadores casuais, e os gamers hardcore, que gostam mesmo é de encarar altos desafios. No caso dos games Super Mario, uma das prioridades da Nintendo sempre foi a de que tanto jogadores pouco habilidosos como os mais experientes pudessem se divertir e chegar ao final da aventura. Em entrevista recente concedida à revista GamesTM, os "pais" da série Super Mario Bros., Shigeru Miyamoto e Takashi Tezuka, deram declarações bem interessantes sobre a maneira com a qual costumam abordar a questão da dificuldade nos games Mario, que sem dúvida vale a pena conferir logo abaixo.

Miyamoto: Para mim uma das coisas é a disparidade que existe entre os jogadores realmente avançados e os jogadores de primeira viagem. Sempre ouço comentários de frustração do público sobre o balanceamento da dificuldade, seja qual for o caminho que decidimos seguir. Sempre temos o time de testes experimentando nosso game, mas mesmo o que eles dizem que é realmente divertido, os jogadores de primeira viagem podem considerar ser muito difícil. Uma das coisas que faço algumas vezes é ouvir os pedidos do time de testes na fase final de desenvolvimento e remover algo, diminuir a barreira ou mudá-la, dependendo do que eles querem.

Algumas vezes chego a ouvir do time de testes, 'Você está destruindo a diversão', mas por outro lado, você ouve os jogadores de primeira viagem dizendo 'Se não posso completar um estágio, não é divertido para mim. Se não posso completar um game, não é divertido para mim'. Quanto mais os anos passam, a distância entre os jogadores avançados e os iniciantes se torna maior.

Tezuka: Mesmo quando dedicamos muito tempo e esforço para balancear a dificuldade, quando acontece o lançamento sempre há um bom grupo de pessoas que não consegue completar todo o game, e então sempre temos aquele dilema interno da distância entre jogadores experientes e iniciantes. É por essa razão que uma das coisas que estamos tentando fazer com Yoshi's Woolly World é ter duas versões de eventos diferentes para os jogadores avançados e os iniciantes. Mudamos o desempenho, mas então mesmo no modo de iniciante colocamos muitas coisas para que jogadores avançados pudessem se divertir. Gastamos muito tempo e esforços em tentar balancear isso.

Miyamoto ainda complementou citando alguns exemplos de como a Nintendo vem lidando com a questão nos games recentes do Mario, experimentando com a dificuldade ao adicionar elementos como a Invincibility Leaf de Super Mario 3D Land, ou a possibilidade de jogar como Luigi nos títulos da série New Super Mario Bros. E você, leitor(a), o que pensa sobre o balanceamento da dificuldade dos games Mario? Acredita que a Nintendo tem conseguido manejar bem esta área, ou ainda é preciso evoluir mais em relação ao balanceamento? Comente!

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário