Produtores explicam mudança de título de Super Mario Maker; ideia inicial era criar novo Mario Paint para Wii U

domingo, 28 de junho de 2015

Anunciar a mudança de nome do game "Mario Maker" para Super Mario Maker durante o Nintendo World Championships 2015 foi certamente uma excelente ideia da Nintendo, e ajudou a tornar ainda mais inesquecível a realização deste campeonato, além de ter sido um dos momentos mais impactantes da E3 2015 no geral. Mas qual foi a exata razão que levou os desenvolvedores a alterar, ou melhor, evoluir o título do game? Em entrevista à revista Game Informer, os produtores Takashi Tezuka e Yosuke Oshino forneceram uma resposta bem esclarecedora sobre o assunto, que você pode conferir logo abaixo.

Temos um par de razões. A primeira é que, comparado à versão jogável que vimos na E3 do ano passado, a versão de agora está muito mais recheada de recursos - sentimos que ela recebeu uma injeção extra de poder - que fazia sentido chamar de "Super" para que as pessoas percebessem o quão diferente ela é.

A maior razão, no entanto, é que se chamássemos apenas de Mario Maker, as pessoas poderiam pensar que é uma ferramenta para criar todos os games Mario, e queríamos que as pessoas soubessem que se trata especificamente de estágios Super Mario, então pensamos que o nome seria bem conveniente para passar essa mensagem.

Quando questionados sobre porque a Nintendo não investiu no gênero sandbox de games antes, os produtores de Super Mario Maker revelaram que a ideia nasceu de fato no momento em que conheceram o Wii U GamePad; porém, Tezuka inicialmente queria aproveitar a tela de toque do controle para fazer algo no estilo do clássico Mario Paint (SNES).

Eu fui primeiramente inspirado em fazer um game como este quando vi o Wii U GamePad, e pensei que seria perfeito para criar uma experiência de gameplay do estilo de Mario Paint. Embora eu tivesse em minha mente a experiência de jogabilidade de Mario Paint, ao mesmo tempo nós tínhamos times internos que estavam trabalhando na criação de um aplicativo para criar estágios de rolagem lateral para nossos desenvolvedores, então eles estavam fazendo protótipos de diferentes versões, e eu os vi. Aquelas eram ferramentas para desenvolvedores. Eles não são criadores, então quando notei que eles estavam se divertindo com aquela ferramenta que era simples o suficiente para eles criarem estágios, eu vi o potencial, e quando eles propuseram transformar aquilo em uma experiência de gameplay, eu concordei. Foi uma ótima ideia.

Nossa ideia de fazer uma experiência tipo Mario Paint envolvia o ato de desenhar, mas pensamos que criar estágios diretamente no GamePad é tão intuitivo que é quase como criar sua própria arte ali, então meio que fundimos as duas ideias para chegar ao que temos hoje.

Vale lembrar que Super Mario Maker será lançado para Wii U no dia 11 de setembro na América do Norte, e além de trazer um modo de criação de estágios com opções realmente vastas aos usuários, possui um completo sistema de compartilhamento online das criações feitas pelos usuários. E você, leitor(a), acredita que a Nintendo agiu acertadamente ao abandonar o projeto de um novo Mario Paint para se dedicar à criação do sandbox de Super Mario? Comente!

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário