Wii U aceitará até 12 contas de usuário diferentes, diz gerente da Nintendo espanhola em entrevista

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Entrevistado por repórter do canal de Youtube gamereactortv, um dos principais executivos responsáveis pela marca Wii U da Nintendo da Espanha, Pepe Arcas, falou sobre alguns recursos do Wii U, entre eles o sistema de contas do console, e também sobre a jogabilidade assimétrica, característica exclusiva do novo console da Nintendo. Pepe Arcas ressalta, entre outras coisas, que deve ser possível jogar títulos de Wii através do GamePad do Wii U, mas não há nada confirmado. Ele revela também que o Wii U terá um sistema de contas que permitirá a criação de até 12 contas diferentes de usuário (com avatares Mii) em um único aparelho, cada uma delas com suas próprias configurações , inclusive em relação ao Miiverse. Todos os jogos first-party (produzidos pela Nintendo) serão disponibilizados para download pelo serviço eShop, que estará ativo logo no lançamento do console. Jogadores hardcore devem ficar atentos ao uso inteligente da jogabilidade assimétrica em Rayman Legends, por exemplo, onde poderão perceber que o Wii U vai "um passo além de outras plataformas". Confira a entrevista completa no vídeo abaixo.

Link Direto

Durante a entrevista, o gerente da Nintendo também diz que alguns jogos do Wii U talvez não ofereçam a possibilidade de serem utilizados somente através da tela do GamePad, como Nintendo Land, por causa de sua jogabilidade essencialmente assimétrica, sendo a mesma um diferencial que Pepe Arcas enaltece na entrevista. Na Europa, o preço do Wii U ficará sob responsabilidade das lojas, como foi com o Nintendo 3DS, sendo que a Nintendo sugere que os preços não serão altos, pois eles querem que as lojas definam claramente suas margens de lucro. Lembrando que a entrevista na íntegra pode ser conferida no vídeo acima. O que você pensa sobre as novidades em relação ao sistema de contas, e a possibilidade de se jogar games do Wii no GamePad, leitor(a)? Pessoalmente, achei muito bom.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário