Super Mario Galaxy 3: quais são as chances do jogo acontecer?


 Pergunta enviada pelo seguidor GATO_MÁGICO através do Twitter do Reino do Cogumelo!


A odisseia espacial do encanador extraordinário Super Mario Galaxy chegou ao Nintendo Wii em 2007 como um sucesso absoluto, conquistando uma classificação quase perfeita no Metacritic e um número esmagador de cópias vendidas — mais de 12 milhões — no mundo todo.

Três anos mais tarde, no mesmo console de seu predecessor, Super Mario Galaxy 2 dava continuidade à plataforma de ação 3D. A sequência mantinha os elementos primordiais que consagraram o título anterior, como o sistema de gravidade em planetoides, e ainda adiciona novas mecânicas — como a possibilidade de montar em diferentes Yoshis e o novo poder da Cloud Flower.

Com dois títulos muito aclamados entre os nintendistas, um terceiro jogo da space opera que deu vida à Rosalina e suas Lumas seria ideal para fechar uma trilogia, e permanece até hoje como um sonho distante de muitos fãs de Mario em 3D.

Em entrevista à Eurogamer em 2015, Shigeru Miyamoto, o lendário desenvolvedor e mente criativa por trás da série Mario, faz uma alusão a um possível "Super Mario Galaxy 3", dando a entender que o desenvolvimento do jogo estaria em discussão.

No entanto, a verdade é que o Miyamoto usava Super Mario Galaxy para se referir ao conceito de um jogo 3D de sucesso; afirmava que ele e Yoshiaki Koizumi estão sempre procurando desafiar Super Mario Galaxy e produzir outro título 3D.


Hoje, mais de 6 anos após a entrevista, ainda estamos no vácuo. Em retrospecto, o jogo em 3D que procuravam criar ao desafiar Super Mario Galaxy poderia ter resultado em Super Mario Odyssey para o Nintendo Switch.

Outro fator importante para a inviabilidade de um "Super Mario Galaxy 3" é que muito embora Super Mario Galaxy 2 tenha sido um enorme sucesso, muitos críticos da época entraram no consenso de que o jogo não era necessariamente inovador. Afinal, o jogo é praticamente um "Super Mario Galaxy 1.5", construído sobre ideias remanescentes do primeiro título e, portanto, é por natureza mais simples e objetivo em comparação.

Desde as primeiras eras do entretenimento eletrônico nos anos 80, a Nintendo sempre se focou em software e hardware que fossem inovadores. Apesar da fórmula certeira de Galaxy, a multinacional de Yamauchi teria de entregar ideias inovadoras à sequência ou arriscar entregar o mais do mesmo, correndo o risco de parecer repetitiva. Portanto, apesar de não sabermos o que tem sido discutido dentro dos escritórios da Nintendo, a possibilidade de um "Super Mario Galaxy 3" é quase utópica. Remasters em HD dos jogos existentes, no entanto, seriam um pouco mais viáveis. Quem sabe?

Você gostaria que Super Mario Galaxy fosse uma trilogia? Queremos saber suas opiniões nos comentários abaixo!

Eduardo Jardim

Natural de São Paulo (SP), Eduardo "Pengor" Jardim é um criador de conteúdo, cartunista e imaginauta. Criou o Reino do Cogumelo em 2007 e desde então administra e atualiza seu conteúdo, conquistando um prêmio Top Blog e passagens pela extinta Nintendo World.

2 Comentários

  1. Um dos jogos que eu mais gosto!
    Por mim poderia ser um título com jogos novos periodicamente, sem atrapalhar os outros Mario 3D.
    Acho que mesmo que não usassem a mesma premissa, poderiam pelo menos trazer mais elementos dele nos novos jogos do Mario.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, a mecânica do Galaxy é muito divertida e memorável! Não cheguei a jogar o Super Mario 3D All-Stars, por isso não sei se eu demoraria a me acostumar com novos controles. Mas fico triste que continuar o jogo não pareça estar nos planos da Nintendo. Quem sabe?

      Excluir
Postagem Anterior Próxima Postagem