Empresário dos EUA gasta 57 mil do dinheiro da Covid-19 em um card de Pokémon

terça-feira, 26 de outubro de 2021

Um empresário na Geórgia, nos Estados Unidos, fraudou um benefício de estímulo econômico do governo para propósitos pessoais — mais especificamente, um card raríssimo de Pokémon.

A informação surgiu no registro online de um processo federal americano, o qual descreve que o indivíduo solicitou a ajuda de diversas empresas por meio da lei CARES (Lei de Auxílio, Alívio e Segurança Econômica) para arrecadar uma quantia de 85 mil dólares — porém, para tanto, usando de declarações falsas a respeito do número de empregados de sua empresa e a sua receita bruta. A porção mais impressionante do documento afirma que o indivíduo "usou os fundos obtidos por meio de representação falsa e fraudulenta para comprar um card de Pokémon por US$ 57,789".

Agora em posse de um Pokémon raro, o colecionador terá de se virar para enfrentar não uma jornada de aventuras, mas o intrincado processo jurídico por fraude em que se meteu.
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário