Back to the Bits: Tantos movimentos! Tantos botões!

sexta-feira, 5 de abril de 2019


Vindo de aventuras 2D, num geral, a Nintendo teve de ser bem criativa na abordagem de criar uma aventura completamente tridimensional para um publico sedento em ver Mario na nova geração de consoles. Algumas tentativas bem experimentais haviam acontecido com outros mascotes e em outras plataformas, mas seria ninguém menos do que o herói do Mushroom Kingdom que ditaria as tendências de como fazer um jogo de plataforma 3D.

E viajando no tempo ou não, eu e o Spankaro estávamos já bem habituados com a ideia básica que temos um botão de correr e um de pular, apenas duas dimensões, e o objetivo de ir até o fim da fase (geralmente da esquerda para direita). Agora nas nossas patas de repente temos um milhão de novos movimentos, tantos botões extras (mesmo usando um Classic Controller no Wii, como já comentei antes), tantas direções para andar e objetivos múltiplos em uma só fase.

É sem dúvidas uma carga bem pesada de uma só vez. Mas não demora muito para nos habituarmos com tudo que é preciso, pois Super Mario 64 deve ser o jogo mais intuitivo e amigável para novatos da geração que lançou, e por isso é o grande marco na indústria.

Fiquem com o episódio dessa semana com alguns pulos bem precisos:

Episódio 64



Link Direto

Duas semanas atrás eu pretendia fazer uma stream de Tetris 99 no meu canal no Twitch, mas acabou que tive de cancelar de última hora, pois não estava me sentindo lá muito legal. Mas estou planejando retomar essa ideia para amanhã às 15 horas (horário de Brasília). Fiquem de olho nas nossas páginas no Twitter e Facebook e eu espero encontrar vocês lá!
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário