Conheça Mario Motors, o jogo de Nintendo DS que nunca saiu do papel

domingo, 22 de abril de 2018

Antigo de industria e nome renomado, o desenvolvedor japonês Yoot Saito conhecido por seus trabalhos excêntricos como Seaman (SEGA Dreamcast, 1999) e Odama (Nintendo GameCube, 2006) revelou recentemente que teve uma ideia para um jogo de montagem de motores e equipamentos para o Nintendo DS estrelando o faz tudo de Mushroom Kingdom.

Enquanto em uma entrevista para o site Destructoid, vários detalhes sobre o game com codinome Mario Motors foram explicados acompanhados de slides com imagens conceituais do projeto (que você pode conferir neste link)

- Saito, Shigeru Miyamoto e Satoru Iwata eram amigos, e os três costumavam se reunir para discutir idéias
- Saito foi perguntado por Iwata o que ele estava interessado no momento
- Saito estava atualmente interessado em como coisas como rel√≥gios, molduras de c√Ęmera e MacBooks eram feitos
- essa era uma ideia que ele "realmente queria" transformar em um jogo
- Iwata e Miyamoto pensaram que Saito deveria tentar o jogo, por isso deram-lhe luz verde para seguir em frente
- Saito começou a trabalhar no Mario Motors, "um jogo onde você cria motores"
- O jogo envolveu "esculpir um pedaço de metal para fazer um cilindro que decide a capacidade de seus motores."
- Eu queria ensinar aos jogadores como a aceleração funciona de uma maneira interessante
- Saito pensou em ter jogadores soprando no microfone do DS para fazer isso, mas temia que as crian√ßas ficassem sem f√īlego
- sobre o porquê do Mario Motors nunca ter se juntado, Saito disse: "Eu não posso te dizer por que, mas por favor adivinhe."

Mario Motors foi um projeto que nunca viu a luz do dia, mas n√£o deixa de ser interessante e pode vir a ser uma coisa a ser retrabalhada no futuro como todos os conceitos descartados.

Você gostou da ideia, caro leitor? Compartilhe conosco.

    • Coment√°rios

  • Facebook ()
  • Google (1)
  • Disqus ()

1 coment√°rios:

Eduardo Silveira disse...

Eita, dessa eu n√£o sabia!

Postar um coment√°rio