sexta-feira, 17 de março de 2017

Interesse por Nintendo Switch no Reino Unido é alto, mas preço do console é considerado alto na região

Uma pesquisa de mercado feita recentemente pelo instituto Harris Interactive revelou que cerca de metade da população do Reino Unido tinha conhecimento sobre o lançamento do Nintendo Switch mesmo antes de seu lançamento oficial no dia 3 de março, porém apenas um terço destas pessoas têm intenções reais de adquirir o novo console da Nintendo. O elemento que mais tem pesado negativamente na decisão destes consumidores é o preço sugerido de $299 do aparelho, considerado alto demais.

Riccardo Imbriano, gerente de pesquisa da Harris Interactive, salienta que é encorajador ver que um número tão grande de habitantes da região conhece o Nintendo Switch em um mercado tão dominado pelos games mobile. Apesar disso, muitos consumidores se dizem satisfeitos com o console que já possuem ou não possuem condições financeiras no momento de investir na nova máquina da Big N.

Imbriano sugere que o sucesso do novo console da Nintendo no mercado de games britânico depende muito da companhia mostrar maneiras inovadoras e divertidas de se jogar, além de trazer experiências que sejam empolgantes de se curtir entre familiares e amigos, algo que foi feito com notável êxito durante a geração do popular Wii. O executivo acredita ainda que a Nintendo deva investir na questão da portabilidade do Nintendo Switch para atrair um número ainda maior de gamers.

Entrevistado recentemente pelo jornal japonês Asashi Shimbun, o presidente da Nintendo, Tatsumi Kimishima, defendeu o preço sugerido do console afirmando que ele possui diferenciais que tornam impossível a comparação com sistemas da concorrência, mas indicou também que pode haver uma redução de preço no futuro. E você, leitor(a), o que pensa sobre o assunto? Acredita que o preço do Nintendo Switch pode realmente se tornar em breve um obstáculo para a Nintendo para expandir a base instalada de seu novo console? Comente!

Via MCV UK
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário