Diretor de Mario & Luigi: Paper Jam revela qual foi o maior desafio encontrado na criação do crossover

domingo, 31 de janeiro de 2016

Unir dois mundos tão distintos como os dos games Mario & Luigi e Paper Mario certamente não foi uma tarefa nada fácil para o pessoal da Nintendo e da AlphaDream. Afinal, embora ambas as séries tenham relação com o Marioverso, elas possuem estilos visuais únicos, assim como um diferente sistema de jogabilidade. Em entrevista realizada por MariChan no Miiverse para a seção "Miiting", onde as perguntas são baseadas em questões elaboradas por jogadores, o diretor de desenvolvimento do game Shunsuke Kobayashi, da AlphaDream, revelou qual foi a maior dificuldade de realizar este surpreendente crossover, tanto no aspecto da jogabilidade como também em relação ao roteiro. Leia as interessantes declarações feitas por Kobayashi logo abaixo.

MariChan: Parece que cada um dos games Mario tem seus próprios princípios aos quais se agarram firmemente... Eu aposto que isso faz os crossovers um pouco mais complicados. Qual foi a coisa mais difícil desta vez?

Shunsuke Kobayashi: Provavelmente foi obter o máximo de Paper Mario como o personagem principal. Ele tem qualidades específicas, como sua "papelosidade" e seu estilo único de jogabilidade, e tivemos de encontrar formas de mostrar estas qualidades em diversas locações diferentes, de uma maneira que combinasse com este crossover. E uma vez que tivemos de trabalhar sobre a base de Mario & Luigi, Paper Mario nem sempre conseguiu toda a atenção que desejávamos... Começamos a nos preocupar que estaríamos encrencados com o time de Paper Mario! Bem, estou brincando um pouco aqui, mas tive de trabalhar duro para criar algumas grandes cenas para o personagem Paper Mario.

MariChan: As séries Mario & Luigi e Paper Mario são conhecidas por suas histórias de alta qualidade, então este aspecto também se mostrou difícil de lidar?

Shunsuke Kobayashi: ...sim, se mostrou. Nós pensamos que uma vez que todos os personagens de papel vieram do mundo de papel, vamos fazer a história principal realmente bizarra, cheia de excentricidades e mal-entendidos. Tínhamos coisas como idas e vindas ao mundo de papel, e o Mushroom Kingdom gradualmente se transformando em papel... Mas acabamos exagerando um pouco, e o primeiro esboço do roteiro acabou sendo uma completa bagunça com a qual ninguém se identificaria...
Então nós simplificamos o script e estruturamos ele com grande ênfase em mostrar os diferentes personagens se encontrando e interagindo uns com os outros. Tivemos de reescrever muitas vezes...

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário