Engenheiro da Nintendo revela como surgiu o conceito do lendário design do controle do Famicom/NES

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Um direcional em cruz, dois botões principais (B e A), e os botões Start e Select engenhosamente distribuídos por um dispositivo com formato retangular. Qualquer gamer que se preze sabe que estamos falando de um dos controles mais amados e influentes da história, aquele que vinha em toda embalagem do console japonês Famicom, e também de sua versão europeia e americana, o NES. Com um design tão simples quanto genial, este controle de 1983 trouxe ideias que são usadas como referência na indústria de games até hoje, e muitos ainda se perguntam qual foi a inspiração da Nintendo na criação deste elemento lendário dos videogames.

Em entrevista concedida ao site US Gamer, um dos principais engenheiros do Famicom/NES, o sr. Masayuki Uemura, fez uma declaração que de certa forma acaba ""desmitificando" um pouco todo o imaginário que cerca a criação deste controle. Uemura revelou que na verdade o design deste controle foi baseado no portátil Game & Watch do game Donkey Kong, da Nintendo, lançado em 1982. Idealizado pelo célebre engenheiro Gunpei Yokoi, a linha de portáteis Game & Watch trazia designs diferentes de controle em cada aparelho, mas especificamente em Donkey Kong o formato era bem semelhante ao do NES.

Havia, como você pode imaginar, uma série de dificuldades que enfrentamos por estar fazendo as coisas pela primeira vez ao construir este hardware, mas uma das maiores dificuldades era, 'Que forma e layout o controle terá?' Isso teve um certo toque de coincidência, também, mas algumas das pessoas que trabalharam no time de Gunpei Yokoi eventualmente se reuniram em nosso time. Então uma das ideias que surgiram por esse motivo foi, 'Bem, nós temos esse Game & Watch multi-tela do Donkey Kong, que usa um formato de controle de um Control Pad [direcional em cruz] com o acréscimo de botões.' Então nos agarramos a isso e começamos a trabalhar.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário