Em qual planeta Mario vive? Uma lição sobre o multiverso da série

domingo, 16 de setembro de 2012

Afortunadamente, os jogadores mais ocasionais de consoles Nintendo tendem a crer que o Reino do Cogumelo (Mushroom Kingdom) é o único local onde acontecem as aventuras do Super Mario. Apesar de ser um território recorrente — e um dos mais fartos e populosos do planeta —, o reino de Toadstool pode ser pequeno quando comparado com a vastidão do Universo do Cogumelo. Ao longo de seus games, o encanador já demonstrou atos de heroísmo pelos quatro cantos do universo. Tanto para esclarecer uma curiosidade enviada pelo nosso leitor Azul 35 ao nosso e-mail da Central de Dúvidas quanto para distribuir conhecimento geral do multiverso de Mario, explicamos sobre o planeta em que Mario vive e sobre o princípio cosmológico criado pelas equipes da Nintendo e suas subsidiárias — como Intelligent Systems e AlphaDream — para as histórias do bigodudo.

Interpretação de Muitos Mundos: Mundo Real e Universo do Cogumelo

A princípio, Mario costumava ser um habitante do Mundo Real, este, em que nós vivemos. Aqui, ele passou grande parte de sua vida — na Itália, onde conseguiu seu sotaque, e no Brooklyn, onde passou parte de sua vida adulta no comando da agência de encanamentos Mario Brothers Plumbing. Em Super Mario Bros., os encanadores extraordinários ouvem um pedido de socorro e são transportados para um universo paralelo — uma dimensão alternativa conhecida como Mushroom Universe ("Universo do Cogumelo"). Não é preciso ser um perito na teoria da interpretação de muitos mundos (IMM) formulada por Hugh Everett III, nem na equação de Schrödinger sobre a qual se embasa a referida mecânica, para compreender as hipóteses do multiverso. Entretanto, as realidades alternativas do Mario têm ligação e determinada obediência a todas estas lógicas.

Diferente de outras franquias como The Legend of Zelda e Pokémon, onde a trama é sempre adaptada dentro dos limites de seus respectivos universos, Mario dá uma enorme ênfase ao trânsito entre dimensões alternativas. Seus jogos acontecem tanto no Mundo Real (NES Open Tournament Golf, Mario is Missing!, Mario & Sonic at the Olympic Games) quanto no Universo do Cogumelo (Super Mario Bros., Super Mario World, Super Mario Galaxy, etc.). O conceito de multiverso só foi explorado de verdade nos games em Super Paper Mario, mas já existia desde Super Mario Bros. 2, quando as regiões de Subcon e Subspace foram apresentadas como territórios não pertencentes ao mundo regular, mas em outros planos de domínio existencial.

Análise Cosmológica do Universo do Cogumelo

Tendo em vista essa concepção de realidades alternativas, já podemos começar a desbravar os elementos cósmicos do Universo do Cogumelo. O Reino do Cogumelo é um próspero território alfa do Mundo do Cogumelo que pode representar importância na economia de todo o planeta. Outros patriarcados importantes do Mundo do Cogumelo incluem a Terra do Dinossauro (Dinosaur Land, Super Mario World), Sarasaland (Super Mario Land), Ilha Delfino (Super Mario Sunshine) e o reino dos feijões, Beanbean Kingdom (Mario & Luigi: Superstar Saga).

Como explicado em Super Mario Galaxy (e isso é importante, pois é um assunto sobre o qual poucos discorrem), o planeta fúngico do Mario faz parte de uma galáxia batizada de Grand Finale. Sem contar com a cena do Festival das Estrelas, em Super Mario Galaxy os irmãos encanadores só têm acesso à Grand Finale Galaxy após a obtenção de 120 estrelas tanto para Mario quanto para Luigi, seguida do completamento da missão The Fate of the Universe pela segunda vez. Grand Finale é adjacente a várias outras galáxias curiosas que formam o sistema existencial conhecido como Universo do Cogumelo.

"Todos os Mundos": O Multiverso de Mario

Como se não fosse informação o bastante para uma série cujos jogos principais são de gênero plataforma, o Universo do Cogumelo é apenas uma porção de todas as realidades alternativas do meta-universo da franquia. O multiverso que intencionamos abordar desde o começo do artigo é chamado na cosmologia do Mario de "all worlds" (como referido por vários personagens de Super Paper Mario). "Todos os mundos" é o termo usado para se referir a todos os territórios existenciais da série — em outras palavras, todos os planetas, galáxias e universos que foram supracitados. Super Paper Mario é o único jogo do Mario até o momento a causar instabilidade e perturbações em "todos os mundos", ameaçando absolutamente toda a existência — incluindo a nós, do Mundo Real, que, de acordo com essa mitologia, também somos parte do sistema!

Resumo infográfico sobre a cosmologia do Super Mario

Como dito pelo Dr. Mario em Super Mario Adventures, "os problemas dos humanos e fantasmas são triviais demais quando comparados com a vastidão do universo". E é verdade — especialmente quando analisamos a fio a astrologia da série. Wonderful!

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (3)

3 comentários:

Super Mario disse...

Essa matéria é perfeita ^-^! Esse multiverso é nada simples de se entender...

Sutero Paschoal disse...

O Universo do Cogumelo ainda tem muito a ser descoberto. Eu até fiquei surpreendido quando caiu a ficha de que em Super Paper Mario eu também estava em risco... Enfim, ótima matéria!

Unknown disse...

Mas entao isso significa que o tubbla blubba pode voltar com o bowser,conde bleck e king boo

Postar um comentário