Top 5: Os melhores games do Yoshi

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Depois de alguns especiais como os games do Mario para jogar antes de morrer e games do Mario para jogar com seu "alguém especial", já não é mais novidade que a equipe Reino do Cogumelo arrasta uma asa para Super Mario Bros. 3 e, principalmente, Super Mario World. Mas o que muita gente se esquece é que no Universo do Cogumelo há algumas outras divisões que não são exatamente focadas nos encanadores extraordinários da Nintendo — estas, são as partner series do Mario, que incluem Yoshi, Donkey Kong, Wario e até mesmo Game & Watch e Super Smash Bros. Tendo isso em mente, após todo esse tempo, é chegada a hora de curvar os holofotes em direção à turma do dinossaurinho verde mais querido dos games; e a seguir, você conhece os melhores games da série Yoshi. Hooray!

5. Yoshi's Safari

Quando haters te disserem que jamais existiu um game de FPS do Mario, você tem a permissão oficial de fechar suas matracas com Yoshi's Safari. Em 1993, um ano depois de Wolfenstein 3D — o atirador em primeira pessoa que ajudou a propagação do gênero na indústria —, a Nintendo EAD usou o periférico de SNES Super Scope para dar vida a um dos jogos mais interativos da franquia, tal como o único que segue essa linha de tiro até hoje. Yoshi's Safari coloca Mario e seu fiel companheiro, Yoshi, em uma jornada para salvar o Rei Fret e o Príncipe Pine, governantes de Jewelry Land (a "Terra das Joias"), das garras de Bowser e seus Koopalings. Com armaduras cibernéticas e exoesqueletos gigantescos, o clã dos Koopas jamais se mostrou tão preparado para a batalha.

4. Yoshi's Story

Além de grandemente divertido, Yoshi's Story leva crédito por ser o primeiro e até agora único jogo do Yoshi a ser caracterizado por gráficos de renderização tridimensional. Ainda ambientado no passado, o roteiro gira em torno do enigmático sequestro da Super Happy Tree (às vezes conhecida como a "maravilhosa árvore do júbilo"), uma planta extremamente poderosa que contém a essência da felicidade espalhada por toda a Ilha do Yoshi. Mas quem diria que Bowser, ainda bebê, já teria excelência em seus planos maquiavélicos? Os Yoshis precisaram atravessar os perigos de seis mundos distintos somente para reclamar a Super Happy Tree das patas do pestinha real.

3. Yoshi's Island DS

Sequência original de um marco na história dos games. Depois de tanto proteger e aleitar o bebê Mario em Super Mario World 2: Yoshi's Island para Super NES, Yoshi's Island DS mostra que a vida de babá está bem longe de acabar — com a chegada de Baby Peach, Baby Bowser, Baby Wario e até mesmo o controverso Baby Donkey Kong na maternidade improvisada da Ilha do Yoshi. Com uma coleção de movimentos organizados, os Yoshis têm a missão de reunir estes pequeninos, revelados por Kamek como pertencentes à profecia das Star Children (ou "Crianças Estelares"): sete bebês com "uma quantidade extraordinária de poder". Será mesmo possível impedir as lendas, Magikoopa?

2. Tetris Attack

Passam-se as décadas e as coisas mudam bastante — menos para Bowser, o rei dos Koopas e adepto número um do governo ditadura, que aparentemente jamais se esqueceu de todos os seus planos malignos que foram efetivamente interceptados por Yoshi e seu bando ao longo de sua infância. Apesar de ser um puzzle — seguindo os primeiros passos da série, com os puzzles Yoshi (NES/Game Boy, 1991) e Yoshi's Cookie (NES/Game Boy/SNES, 1992) —, Tetris Attack dá um show em variedade de gameplay e roteiro. Ironicamente, não tem relação alguma com Tetris, aproximando-se de um esquema baseado em eliminação de objetos e linhas por combinação de cores. Mesmo tratando-se de uma adaptação americana de Panel de Pon, Tetris Attack é extremamente fiel à série Yoshi e, principalmente, ao legado de Super Mario World 2: Yoshi's Island, mantendo seus personagens originais mesmo após vários anos na narração. Tudo isso sem contar, é claro, com a qualidade Intelligent Systems, a desenvolvedora do jogo.

1. Super Mario World 2: Yoshi's Island

Você pode não saber, mas no Japão, Super Mario World 2: Yoshi's Island não tem ligação direta com o launch-title do Super NES Super Mario World; muito pelo contrário, tem um nome bem mais objetivo: Super Mario: Yossy Island. De fato, a confusão com "a sequência que na verdade é uma prequela" só acontece na América, pois é claro que o game nasceu para expandir o Marioverso de forma efetiva e muito além do que os olhos dos fãs podiam enxergar antes de 1995. Mais do que um simples game, Super Mario World 2: Yoshi's Island nasceu para contar uma história; para dar vida a uma lenda. Antes mesmo dos Irmãos Mario serem entregues aos seus pais pela Cegonha, o clã dos Koopas já temia o potencial dos futuros heróis. Graças aos dinossaurinhos mais carismáticos de todo o Universo do Cogumelo, Kamek e sua trupe de capangas maquiavélicos acabam pagando um preço muito caro por tentarem intervir na natureza.
Considerações: os outros jogos da série Yoshi não mencionados no Top 5 incluem Yoshi no Cookie: Kuruppon Oven de Cookie (Japão, SNES, 1994), Yoshi's Island: Super Mario Advance 3 (GBA, 2002), Yoshi Topsy-Turvy (GBA, 2004) e Yoshi Touch & Go (DS, 2005).
    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (6)

6 comentários:

Rodrigo FS disse...

Alguém teve dúvidas do primeiro lugar?

Morello disse...

Boa matéria, Jardim. Pessoalmente, gosto mais do Yoshi's Island de DS ao compará-lo com o antecessor do SNES, mas reconheço a importância histórica do título.

Leo Kardoso disse...

E primeiro lugar no meu coração,viro muitas vezes com sorriso nostalgico no rosto =)

luigiyoshim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
luigiyoshim disse...

o único lado ruim em yoshis story é que é um jogo muito curto

mario collection disse...

Para mim ficaria assim:
5=Yoshi's Safari
4=Super Mario World 2:Yoshi's Island
3=Yoshi's' Island Ds
2=Yoshi's Story
1=Tetris Attack
Essa é minha opnião.

Postar um comentário