Produtor da série Tekken se irrita com pedidos excessivos de personagens em Super Smash Bros. Ultimate (Switch)

sexta-feira, 18 de outubro de 2019



A corrida para preencher vagas de DLC para o jogo de luta mais popular dos últimos tempos, Super Smash Bros. Ultimate no Nintendo Switch, continua e muitos fãs assíduos promovem campanhas para que seus personagens favoritos venham a ser jogáveis.

No entanto, como já relatamos aqui, muitos podem vir a ser inconvenientes com influencias da indústria de vídeo game, neste caso, Katsuhiro Harada, produtor de Tekken e membro da Bandai Namco (que co-desenvolve Smash Ultimate), ficou bem irritado com contas de suporte de personagens.

De tanto ser mencionado, disse que irá fazer o possível para contatar Masahiro Sakurai (diretor de Smash) para que os pedidos em particular não sejam atendidos, se referindo a perfis de suporte à Sora (de Kingdom Hearts), Doomguy (de DOOM), Crash Bandicoot, Arle Nadja (de Puyo Puyo), Master Chief (de Halo) e até mesmo Jonesey (de Fortnite).


Harada continuou dizendo que o ato de spam menções como estas só atrapalham o trabalho de quem quer produzir algo, dizendo que "desenvolvedores não negociam com spammers e terroristas". Enfatizando mais uma vez que conversas desnecessárias e não relacionadas não deve conter menções a desenvolvedores, pois é apenas irritante e a melhor forma de não conseguir o que quer.

No passado, o diretor e produtor da PlatinumGames, Hideki Kamiya, já se enfureceu com menções no Twitter dizendo que iria bloquear todos que estivessem demandando Bayonetta em Smash Bros.. É possível que em ponto de ebulição do sangue, membros dos respectivos estúdios tenham de por um ponto final em situações como essa, mesmo que eventualmente personagens acabem por ser inclusos.

Novamente, o Reino do Cogumelo também recomenda que toda demanda, carinho e suporte aos personagens devem ser espalhados de forma respeitosa e não intrusiva a quem desenvolve jogos como Smash e permitem que crossovers inimagináveis sejam realizados.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário