Responsável por comics IDW de Sonic compartilha sua antiga proposta de história de Super Mario

quinta-feira, 5 de setembro de 2019



A história da franquia Super Mario e quadrinhos é interessante. Tivemos, anos atrás, a magnifica Super Mario Adventures originalmente publicada na Nintendo Power, tivemos um punhado de seriados diferentes espalhados por várias regiões do planeta como N-Gang e Club Nintendo na Alemanha, e não muito tempo atrás ambos Bowser e Donkey Kong tiveram tratamento especial quando foram incluídos em Skylanders: SuperChargers (Wii U), recebendo uma história exclusiva contando eventos prólogos do jogo em Skylanders: Unexpected Allies.

Mas já faz muito tempo que não temos nenhum seriado de longo prazo contando aventuras dos irmãos encanadores (com exceção de Super Mario-Kun, que continua a ser publicado no Japão). Relatamos aqui no Reino, certa vez, que responsáveis pelo os quadrinhos da série Sonic the Hedgehog propuseram à Nintendo uma abordagem similar com Super Mario, mas não tiveram tanta sorte, tendo a proposta negada.

Recentemente, atual escritor das comics IDW de Sonic, Ian Flynn, relata como era seu piloto, quando ainda fazia parte do grupo Archie, que enviou para os representantes da Big N. Confira a tradução logo abaixo:

Então, já que eu não posso falar sobre planos não usados para o Sonic (ainda), e eu tenho 99,9% de certeza que isso está morto, ao invés disso vamos falar do piloto de Super Mario Bros. que eu fiz para Archie Comics.

Os esboços eram para uma mini-série de 4 partes e que esperançosamente poderia prosseguir. Teria a mesma abordagem de Archie! do Sonic e Archie! do Mega Man na época: adaptações aprofundando narrativas dos jogos fazendo ponte com o cânone. Seria adaptado o primeiro jogo (Super) Mario Bros.,

Começaria com Mario & Luigi sendo requisitados no castelo da Peach para um trabalho de encanadores. Luigi estava animado por ter um serviço que definiria sua carreira e Mario um pouco menos entusiasmado - Um trabalho é um trabalho e ele estava entediado dessa vida. Eles chegam momentos depois em que Bowser tinha aterrorizado Mushroom Kingdom.

Com literalmente ninguém para salvar a princesa, Mario se prontifica para aventura. Luigi nem tanto. Eles estocam alguns Power Ups que foram deixados para trás após a invasão e embarcam numa jornada através dos Mundos 1 à 8, aprendendo no caminho já que ainda são heróis novatos.

Eles chegam no castelo do Bowser no mundo 8-4 e Luigi simplesmente desiste. Isso era suicídio. Eles são ENCANADORES, não heróis. Mario se recusa a desistir - Há muita gente contando com eles. Os dois se dividem e Mario entra no castelo.

Mario ultrapassa as armadilhas com Firebars e é confrontado pela primeira vez por Bowser. O Rei do Koopas quer saber quem causou tantos problemas para suas tropas... esse cara gordinho? Que seja. Qualquer um que o desafie tem o mesmo destino.

É uma luta intensa em de uma ponte de madeira suspensa sobre a lava fervente. Mario é muito ligeiro e esgueiro para Bowser acertar um golpe em cheio, mas Bowser é muito durão para Mario realmente causar qualquer dano. Eles estão num impasse quando um grito é ouvido, vindo do fundo do corredor...

É Luigi, gritando cegamente de terror, correndo através do castelo o mais rápido que puder. Atravessa a ponte e os combatentes, (batendo) direto numa parede. Que derruba um machado decorativo que acaba cortando as cordas da ponte.

Mario pula na cabeça de Bowser enquanto caem e pousa em segurança. Mario e Luigi se reconciliam - É, Mario pode ter perdido a cabeça, mas Luigi jamais abandonaria seu irmão. Juntos eles resgatam Peach que imediatamente tem um momento de amor à primeira vista com Mario.

O trio retorna ao Mushroom Kingdom para começar a reconstruir. Peach nomeia Mario & Luigi como encanadores reais. Luigi está super contente - Eles agora irão viver uma nova vida! Sem mais aventuras! Corte então para Bowser, se rastejando ameaçadoramente da lava.

Pelo o que eu ouvi pelo o telefone sem fio, foi bem recebido pela NoA (Nintendo of America), mas vetado pela NoJ (Nintendo of Japan). Em retrospecto, não seria exatamente como eu iria abordar um projeto para o Mario hoje - Muito drama, pouco humor. Mas ainda eu achei que pudessem se interessar.

Essa é a linha do tempo em que não vivemos, mas seria no mínimo intrigante ver a interpretação de Mario por quem hoje dá vida extra à série Sonic em quadrinhos.

O que você acha da proposta, caro leitor? Consegue visualizar em sua mente como tudo se desenrolaria? Não deixe de comentar logo abaixo.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário