Só uma pequena porção de Captain Toad: Treasure Tracker foi revelada até agora, diz gerente da Nintendo canadense

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Se você já tem altas expectativas em relação ao game Captain Toad: Treasure Tracker e não vê a hora de colocar as mãos na primeira grande aventura solo do líder da Toad Brigade, temos uma revelação que vai elevar sua ansiedade a níveis ainda maiores: todas as imagens e vídeos exibidos desde seu anúncio na E3 2014 são apenas uma pequena parte do game completo. Foi isso que afirmou categoricamente o Gerente de Marketing da Nintendo do Canadá, Matt Ryan, durante entrevista ao site Nintendo Enthusiast; na declaração que você pode ler na íntegra logo abaixo, ele comentou também sobre a jogabilidade diferenciada do game, que sem dúvida é um de seus maiores atrativos.

Captain Toad: Treasure Tracker será um jogo completo de varejo. Não será apenas um minigame expandido. Nós só mostramos uma pequena porção do game até agora. Há muito mais que ainda não revelamos. Este é um game muito "Nintendo". Ele traz Toad aos holofotes como a estrela de seu próprio jogo, pois até agora ele só atuou como coadjuvante. E por ele ser o foco, a jogabilidade se concentra em torno de sua personalidade e estilo de jogo. Você terá de lidar com as físicas "Toad" - ele é mais lento, ele não pula, é sobrecarregado pelo peso da mochila, e ele é pequeno. E, por causa disso, há todo este ambiente de puzzles que é diferente da maneira com a qual Mario lida com os obstáculos. É uma versão muito mais evoluída dos minigames que você jogou no passado [se referindo aos estágios Adventures of Captain Toad do game Super Mario 3D World para Wii U]. Então, é difícil de comparar com Mario Galaxy ou 3D World, porque a jogabilidade é muito diferente. É mais como um game de puzzle-plataforma. Mas em termos de conteúdo, este definitivamente é um game de varejo completo.

Exclusivo para Wii U, Captain Toad: Treasure Tracker será lançado no final do ano na América, e em janeiro de 2015 na Europa. A declaração feita por Matt Ryan aumentou ou não sua vontade de conhecer ou de comprar este game quando ele chegar às lojas, leitor(a)? Comente.

    • Comentários

  • Facebook ()
  • Google (0)

0 comentários:

Postar um comentário